Corrida Cassems
studio center
(67) 99826-0686

Ator que estuprou menino de 12 anos pode ter feito outras vítimas

Relato de criança a polícia narra possível envolvimento dele com outros dois colegas

11 SET 2017
Liziane Berrocal
17h00min
Foto: André de Abreu

A denúncia da mãe contra o ator e professor de teatro que estuprou um aluno de 12 anos pode ter outros desdobramentos. O caso foi denunciado neste domingo (10), na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro e, segundo o relato da criança aos policiais, o professor teria cometido outros abusos.

Durante o depoimento, o menino relatou que tinha ciência de que o professor mantinha relações com um outro coleguinha dele, também de 12 anos e do mesmo grupo teatral. Além disso, o homem ainda “desabafava” sobre problemas com a criança.

Em um desses desabafos, o ator confidenciou que já tinha tido problemas no casamento, pois a esposa dele teria descoberto um relacionamento do suspeito com um adolescente de 15 anos.

Segundo o delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), os casos contados pelo menino podem ser investigados, mas para isso, é preciso que haja denúncia.

“O certo seria que outras possíveis vítimas se antecipassem e nos procurassem. Cada caso é uma investigação à parte”, orientou.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável, após o menino contar aos policiais que o professor o molestava e que ele praticava sexo oral no homem, que era de inteira confiança dos pais, por ser professor de teatro dele.

Entenda o caso

A mãe de um menino de 12 anos descobriu o abuso após ver conversas de teor sexual e convites para encontros. A descoberta aconteceu quando a mãe pegou o celular do filho e, verificando as conversas, viu que o professor, que era de sua inteira confiança, estava trocando mensagens com o garoto.

Veja também