TJMS
lalu kids
(67) 99826-0686

Ricardo Su Moon segue preso na sede do Garras

O policial está preso desde ontem (5), na Capital

6 JAN 2017
Rodson Willyams
08h11min
Foto: Reprodução

O policial rodoviário federal Ricardo Syun Su Moon, 46 anos, que matou o empresário Adriano Correia, 33 anos, após uma briga de trânsito, na manhã do dia 31 de dezembro, segue preso na sede do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros). 

Ricardo foi encaminhado ontem (5), para o local, depois do juiz de Direito José de Andrade Neto acatar o pedido do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul e decretar a prisão preventiva do, que confessou o crime, no fim da madrugada do último sábado. 

O juiz afirmou em despacho que fez pedido da prisão preventiva do policial após o surgimento de fatos novos. 

 

 

Veja também