Nilson Pugatti
SElviria Dezembro
(67) 99826-0686
Camara municipal

Suposta traição faz amigo agredir colega de trabalho com socos e chutes

Autor desconfiava que ex-amigo teria revelado caso a esposa

8 DEZ 2018
Rodson Willyams
08h29min
Foto: Arquivo TopMidiaNews

Dois homens, um de 58 anos e outro de 28 anos, sendo pai e filho, foram agredidos por um terceiro homem por volta das 20 horas, desta sexta-feira (7) na rua Eugenio Peron, no Jardim Zé Pereira. O autor trabalha com o rapaz de 28 anos e teria desconfiado que o jovem teria contado a sua esposa sobre uma suposta traição com uma funcionária. Os dois trabalhavam na mesma empresa em Campo Grande.

Segundo o registro policial, o desentendimento acontece há dois meses. Na época, o homem identificado como Mike, desconfiou que o rapaz de 28 anos, que além de ter sido colega de trabalho são vizinhos no bairro, teria revelado a esposa do agressor que o mesmo teria traído com uma funcionária. O casal desde então, teria se desentendido.

A partir da daí, o homem vinha ameaçando o rapaz. Inconformado, na última quarta-feira (6), o autor havia tentado agredir o jovem com uma faca e só não conseguiu porque a mulher avisou o jovem. Mas na noite de ontem (7), a vítima estava retornando do trabalho quando foi abordado pelo homem que estava acompanhado por mais dois indivíduos.

A vítima relata que o homem teria dito a ele: "seu sem vergonha, agora você vai ver". A partir daí, iniciaram as agressões sendo atingindo por socos e chutes que atingiram o rosto, braço. O jovem relevou que chegou até a desmaiar em virtude das agressões.

Como estava próximo à residência, o pai de 58 anos, escutou a gritaria na rua e foi verificar. Ao tentar ajudar o filho, também acabou sendo agredido pelo trio. O idoso ainda revelou à polícia que o homem estava armado com um faca. Após as agressões os autores fugiram. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do centro e será investigado.

Veja também