(67) 99826-0686

Uma semana depois, polícia ainda não tem pistas de homens que invadiram hospital

Bandidos fortemente armados invadiram hospital e resgataram presos

29 SET 2016
Kerolyn Araújo
07h00min
Foto: Reprodução/Google

As investigações da invasão ao Hospital Adventista do Pênfigo, ocorrido na quinta-feira da semana passada, dia 22 de setembro, continuam. Sem dar muitos detalhes, o delegado Fábio Peró, da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Roubo a Banco, Assalto e Sequestros (Garras), informou que testemunhas estão sendo ouvidas.

"Ainda é cedo para divulgar qualquer informação. As investigações continuam e testemunhas estão sendo ouvidas. Outras informações não serão repassadas para não atrapalhar o trabalho da polícia", disse Peró.

Até o momento, uma semana depois da invasão, a polícia não prendeu nenhum suspeito do crime.

 ?O caso 

Bandidos fortemente armados invadiram o Hospital Adventista do Pênfigo na manhã do dia 22, e resgataram um preso que cumpria pena no Presídio de Segurança Máxima da Capital e estava no local passando por atendimento médico. Após a ação, todos fugiram em um veículo Toyota Corolla. 

Durante buscas no mesmo dia do crime, a polícia apreendeu o carro utilizado na fuga abandonado na região do bairro Coophavila.

 

 

Veja também