(67) 99826-0686
Câmara - Novembro

Vídeo: ‘João de Santo Cristo’ fabrica droga e família inteira é presa na Capital

‘Pais e Filhos’ são flagrados com laboratório de drogas em residência

8 NOV 2018
Anna Gomes
10h36min
Família presa. Foto: Anna Gomes

Quatro pessoas da mesma família foram presas após serem flagradas com mais de 100 quilos de maconha no Bairro Terra Morena, em Campo Grande. Na casa onde os suspeitos residiam, a polícia encontrou um laboratório e descobriu que a droga fabricada era vendida para todo Brasil por transportadoras e até pelos Correios.

Conforme o delegado Pablo Gabriel Farias Silva, da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), os suspeitos foram identificados como Solange Neres de Araújo Valiente, 42, (mãe), Roberto de Souza Valiente, 42 (pai), Thalita Neres Valiente, 23, (filha) e João Roberto Neres Valiente, 20, (filho), também conhecido como ‘João de Santo Cristo’ referência a uma música da banda Legião Urbana.

(Objetos apreendidos. Foto: Anna Gomes)

Ainda de acordo com o delegado, cada um tinha uma função no ‘negócio’. O João de Santo Cristo tinha um laboratório na casa onde fabricava haxixe e Skunk. Thalita armazenava a droga e os pais eram responsáveis em distribuir os entorpecentes para todos os estados do Brasil.

“Com notas e nomes falsos eles conseguiam distribuir o entorpecente para todo o país. Para não levantar suspeitas, embalavam a droga a vácuo e colocavam um pouco de café dentro da embalagem para disfarçar o cheiro”, revelou o delegado.

(Delegado Pablo Gabriel da Denar. Foto: Anna Gomes)

A investigação da ‘família do tráfico’ começou no último dia 31 de outubro em uma ação da Polícia Civil com a Polícia Federal. Todos foram presos na última terça-feira (6). Vários objetos usados no ‘laboratório’ foram apreendidos. 

Veja o vídeo da família presa:

 

 

Veja também