(67) 99826-0686

Aluno embriagado ou sob efeito de droga e cigarro deverá ser encaminhado ao Caps

Proposta é tema de Projeto de Lei apresentado pela deputada Antonieta Amorim

12 SET 2017
Da Redação
12h31min

As escolas públicas ou privadas de Mato Grosso do Sul poderão ser obrigadas a encaminharem crianças e adolescentes sob efeito de álcool e/ou drogas, aos Centros de Atenção Psicossocial (Caps). A proposta é tema de Projeto de Lei (PL) apresentado pela deputada Antonieta Amorim (PMDB), em sessão desta terça-feira (12/9).

De acordo com o projeto, a medida é válida a todo jovem encontrado nas dependências do estabelecimento de ensino, aparentemente embriagado, usando ou sob efeito de entorpecentes, inclusive cigarro. A proposta ainda determina que eles terão atendimento prioritário nos Caps e serão, se necessário, imediatamente encaminhados para médico, psicólogo ou psiquiatras.

“O número de crianças e adolescentes consumindo álcool e drogas é crescente, que podem causar danos irreversíveis. Somente proibir que bebam ou usem drogas não adianta. É preciso garantir o atendimento, a fim de diminuir o risco desse menor se tornar viciado, diminuindo com isso os índices de violência e criminalidade. É dever do Estado proteger a juventude”, justificou a deputada Antonieta Amorim.

O projeto agora segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), antes de ser votado em plenário.

Veja também