Construa tudo
Liceu
(67) 99826-0686

Após casos de violência em 2016, prefeito diz que volta às aulas terá reforço da GM e Agetran

Secretário de Segurança tem até o dia 23 de janeiro para entregar plano de ação ao prefeito

9 JAN 2017
Thiago de Souza
14h30min
Volta às aulas terá reforço da GCM e Agetran, diz prefeito Foto: André de Abreu

A volta às aulas na rede Municipal de Ensino em Campo Grande terá a segurança reforçada da Guarda Municipal de Campo Grande e da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), prometeu o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). Em 2016 foram registrados casos de violência e vandalismo nas escolas e no entorno delas.  

''É fundamental a segurança nas escolas e Ceinf's'', explicou o prefeito. Marquinhos se refere aos inúmeros casos de violência dentro e fora das escolas, ocorridos no ano passado. Em junho de 2016 uma professora de 33 anos  foi agredida por um aluno de 9 anos, ao separar uma briga entre os estudantes. Em março, um aluno de 17 anos foi atropelado em frente à escola Municipal Professora Lúcia Passareli, no Aero Rancho. Ele foi atingido por uma motocicleta e foi socorrido com suspeita de fratura na perna. 

Segundo o prefeito, até o dia 23 de janeiro o Secretário de Segurança Pública, Valério Azambuja, tem de entregar um organograma com a definição do policiamento e o plano de segurança. 

A segurança, de acordo com o prefeito, vai se estender às 99 escolas e 94 ceinf's da Capital. ''O que nós vamos fazer é uma sincronia de várias secretarias. Uma vai ajudar a outra. O que falta não é contingente e sim organização, planejamento'', explicou Trad. 

 

Veja também