(67) 99826-0686

Dança das Cadeiras: Assembleia pode ter até três novos deputados com resultado das eleições

Quatro deputados concorrem à prefeituras em três municípios

11 SET 2016
Airton Raes
10h07min
Foto: André de Abreu

O resultado das eleições municipais em Mato Grosso do Sul pode influenciar na Assembleia Legislativa, com  posse de até três novos deputados. Quatro parlamentares disputam cargos de prefeito.

Dos 24 deputados, dois disputam o executivo municipal em Campo Grande. O deputado Marquinhos Trad (PSD) e o deputado Coronel David (PSC). Ângelo Guerreiro (PSDB) concorre à prefeitura de Três Lagoas e Renato Câmara (PMDB) disputa a prefeitura de Dourados.

Marquinhos Trad foi eleito deputado estadual pelo PMDB em 2014. Se Marquinhos ou Renato Câmara forem eleitos será convocada a primeira suplente, a vereadora Délia Razuk (PR), que também disputou em 2014 pelo PMDB e obteve 19,9 mil votos.  Os dois mudaram de partido com a abertura da janela partidária.

Délia Razuk disputa a prefeitura de Dourados contra o deputado Renato Câmara. E o resultado do pleito em Campo Grande e Dourados vai influenciar diretamente na composição da Assembleia Legislativa. Caso Marquinhos Trad seja eleito prefeito e Délia Razuk também seja eleita prefeita de Dourados. Ela irá renunciar ao cargo de suplente e assumirá o segundo suplente, o vereador Paulo Siufi (PMDB), que teve 13 mil votos.

Caso Marquinhos ganhe em Campo Grande e Renato Câmara vire prefeito de Dourados, serão empossados como deputados Délia Razuk e Paulo Siufi.

Se o deputado Coronel David for eleito prefeito de Campo Grande, assume Antonio Vaz Neto (PRB). Atualmente, David é o primeiro suplente da coligação PSB / PT do B / PRTB / PHS / PSC / PEN / PRB e ocupa a vaga, pois o deputado Barbosinha se licenciou para assumir o cargo de secretário de Segurança Pública.

Caso Guerreiro for eleito prefeito, tomará posse o vereador Herculano Borges (SD), primeiro suplente da coligação PSDB / DEM / PSD / SD / PPS / PMN nas eleições de 2014. Herculano obteve 16,8 mil votos.

Veja também