Chapadão do Sul
tjms
(67) 99826-0686

Audiência Pública discute revisão do Plano Diretor da Capital

No evento, serão colhidas sugestões para dar novo formado ao projeto

6 OUT 2017
Câmara Municipal
17h34min
Plano Diretor da Capital pode ser mudado Foto: TopMidiaNews

A Câmara Municipal de Campo Grande, em parceria com a Prefeitura Municipal e a Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano), sedia, nesta segunda-feira (09), audiência pública com o objetivo de apresentar e colher subsídios para a elaboração da versão final da minuta do projeto de lei de revisão do Plano Diretor de Campo Grande.

O Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental (PDDUA), nome definido nessa nova etapa de revisão do documento, possui em pouco mais de 120 artigos e 7 Títulos que contemplam com prioridade temas sobre o meio ambiente, habitação social, mobilidade urbana, patrimônio cultural, desenvolvimento econômico, saneamento básico e áreas livres da cidade.

A diretora-presidente da Planurb, Berenice Maria Jacob Domingues. explica que a Agência. em conjunto com a FAPEC e o Observatório de Arquitetura e Urbanismo da UFMS, realizaram levantamentos, estudos e pesquisas, além de questionários com os moradores de Campo Grande, para que pudessem opinar sobre os problemas e virtudes do bairro ondem vivem.

“Promovemos dezenas de reuniões com os mais variados setores da sociedade. Agora, a versão preliminar do Plano Diretor está disponível para todos possam ter a oportunidade de construir, de forma democrática, uma cidade melhor para se viver”, disse Berenice.

Quem tiver interesse em conhecer o andamento dos trabalhos, pode consultar o material completo nos endereços eletrônicos http://planodiretorcampogrande.com.br/ https://www.campogrande.ms.gov.br/planurb/, ou ainda na biblioteca da (Planurb), na rua Hélio de Castro Maia, 279 - Jardim Paulista.

Serviço - A Audiência Pública acontecerá na próxima segunda-feira, 09 de outubro, na Câmara Municipal de Campo Grande, às 18h30min na Câmara Municipal de Campo Grande – Av. Ricardo Brandão, 1.600 - Jatiúka Park.

 

 

 

 

Veja também