FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
cidade natal pmcg

Azambuja e Coronel David desconversam sobre Secretaria de Segurança

Governador disse que Barbosinha deixa Sejusp já no começo do ano

4 DEZ 2017
Airton Raes
15h10min
Foto: Taciane Peres

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que o secretário estadual de Segurança, José Carlos Barbosa, deixa o cargo apenas em janeiro. Azambuja desconversou sobre a nomeação do deputado estadual Coronel David (PSC), que também foi vago sobre o seu futuro, sem responder se assume a Sejusp ou disputa a reeleição.

Ao ser questionado sobre a nomeação de David, Azambuja afirmou que não declarou que ele seria candidato. “Quem nomeou o Coronel David secretário foram vocês da imprensa, não eu”. O governador disse que estão sendo avaliados nomes que podem substituir o atual secretário. “Não decidimos ainda. Barbosinha foi um dos que conversaram comigo sobre sair em janeiro e estamos avaliando o melhor momento”, disse.

Coronel David também disse que nunca afirmou que seria secretário de segurança. “Nunca escutaram isso da minha boca. Eu converso com o governador sobre segurança pública com frequência. Mas nunca disse que seria secretário”, disse.

Caso David assumisse como secretário ele não poderia concorrer as eleições ou ficaria apenas poucos meses devido o prazo de descompatibilização. Entretanto, o parlamentar não disse se iria disputar a reeleição ao cargo de deputado nas eleições de 2018.

O deputado estadual foi um dos sete parlamentares que votaram contra o projeto da reforma da previdência estadual durante sessão tumultuada na Assembleia Legislativa em 28 d enovembro.

Antes de assumir como deputado, Coronel David foi comandante da Polícia Militar Rodoviária, Chefe da Polícia Militar no Estado, Comandante-Geral da PM e presidente do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais. Em 2016, tentou a eleição para prefeito de Campo Grande, mas não chegou ao segundo turno.

Veja também