zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

Bernal escapa de denúncia feita por ex-aliado na Câmara Municipal

É a segunda investigação por falta de diálogo com vereadores que acaba arquivada

14 MAI 2017
Diana Christie
15h15min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

Após um mandato de embate direto e troca de ofensas entre Executivo e Legislativo, o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) se livrou de mais uma denúncia de improbidade administrativa por falta de diálogo com os vereadores de Campo Grande.

Procedimento preparatório para investigar “suposto descaso pelo Poder Executivo Municipal nas respostas aos requerimentos e indicações da Câmara Municipal, incorrendo em violação dos princípios da administração pública” vai ser arquivado nos próximos dez dias.

Desta vez, a denúncia havia sido realizada por um ex-aliado, o então vereador Alex do PT. Líder de Bernal na Câmara Municipal durante a primeira fase do mandato progressista, o petista deixou a base aliada em 2015 por se sentir preterido pelo ex-chefe do Executivo.

Investigação semelhante havia sido arquivada, em fevereiro, pela 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público. O objetivo também era apurar suposta omissão de Alcides Bernal quanto às indagações do Poder Legislativo, mas houve perda do objeto com o fim do mandato dele.

As reclamações, no entanto, eram constantes. Conforme balanço divulgado pela Casa de Leis, em junho do ano passado, foram mais de 7 mil indicações feitas contra 146 respondidas em um período de seis meses.

Veja também