(67) 99826-0686

Candidato do PSC promete criar controladoria para combater a corrupção

Coronel David garante que vai 'promover o combate sistêmico contra a corrupção e os desvios de dinheiro público'

10 SET 2016
Diana Christie
11h09min
Foto: Assessoria

Na chapa “Por Uma Campo Grande Melhor”, o candidato a prefeito Coronel David (PSC) promete, em seu projeto de campanha, criar a Controladoria-Geral Municipal para “promover o combate sistêmico contra a corrupção e os desvios de dinheiro público”. Segundo ele, o objetivo é equilibrar as finanças e dar transparência nos gastos públicos.

De acordo com a proposta registrada em cartório, a Controladoria-Geral deve aglutinar a Ouvidoria do município, mas vai funcionar como um órgão independente da gestão do prefeito. A medida seria estabelecer uma instituição de correição semelhante à CGU (Controladoria-Geral da União). 

Coronel David destaca a grave crise financeira da Capital e cita alguns escândalos envolvendo o desvio de recursos dos cofres públicos. Entre eles, as ações de improbidade administrativa que respondem vários gestores por desvios nos recursos da merenda e na saúde. Além disso, segundo ele, a Polícia Federal constatou desvio milionário na obra do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Lagoa, que inclui as avenidas Lúdio Martins Coelho e Nasri Siufi.

“A população sofre as consequências dos escândalos, como a paralisação da maioria das obras de infraestrutura e pavimentação, de creches, de escolas e de postos de saúde. Estão paradas obras como a última etapa do anel rodoviário, do PAC Bálsamo (que está 80% concluída), de pavimentação, entre outras”, diz através de sua assessoria.

O candidato garante ainda que reduziu os crimes como roubos em 36% e homicídios em 34% durante sua passagem no Comando da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e “vai combater os vícios administrativos que perduram por várias gestões sem solução e a falta de concurso público em determinados setores”.  

Veja também