(67) 99826-0686

Gilmar Olarte renuncia ao cargo de vice-prefeito de Campo Grande

Carta deve ser entregue nesta quinta-feira ao presidente da Câmara Municipal, João Rocha

8 SET 2016
Rodson Willyams
08h36min
Foto: Geovanni Gomes / Arquivo

O prefeito afastado Gilmar Olarte, do PROS, que segue preso no Presídio de Trânsito, deve formalizar nesta quinta-feira (8), a renúncia ao mandato a qual foi eleito no ano de 2012. O documento teria sido assinado nesta quarta-feira (7). A carta de renúncia estaria pronta há 15 dias.

Na carta, consta a seguinte informação: "Gilmar Antunes Olarte, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, Renunciar, para todos os fins de direito, ao mandato para o qual foi eleito no ano de 2012, e vice-prefeito e, por consequência, ao de Prefeito, no qual tomou posse no dia 13 de março de 2014, por força da cassação do então prefeito eleito. Campo Grande (MS) 6 de setembro de 2016".

Em entrevista anterior ao TopMídiaNews, o advogado João Carlos, havia afirmado que a renúncia seria uma possibilidade e que desta forma, o processo que tramita no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul voltaria para a 1ª Instância.

Segundo informações, o advogado de Gilmar Olarte, Jail Azambuja, já estaria na Câmara Municipal. Com isso, o presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha, do PSDB, deve se tornar vice-prefeito de Campo Grande. A carta de renúncia deve ser lida antes da sessão ordinária desta quinta-feira (8). 

 

Veja a carta de renúncia abaixo: 


Veja também