(67) 99826-0686

Filho de ex-presidente da Santa Casa, Athayde quer investir em saúde preventiva

Candidato visitou a instituição e entregou plano de governo para diretoria da ABCG

30 AGO 2016
Diana Christie
11h48min
Foto: Assessoria

Filho de ex-presidente da Santa Casa, o candidato a prefeito de Campo Grande, Athayde Nery (PPS), quer investir em saúde preventiva para amenizar o caos da saúde pública municipal, como a falta de médicos, remédios, leitos e o longo tempo de espera para atendimento.

Segundo o secretário afastado, os problemas em saúde podem ser solucionados se houver “diálogo contínuo e boa vontade” com a ABCG (Associação Beneficente Campo Grande), mantenedora da Santa Casa, considerada o maior hospital da região Centro-Oeste e referência no atendimento ao trauma na Capital.

Athayde e o candidato a vice-prefeito, Frederico Valente, estiveram no hospital para apresentar o Plano de Governo e ver de perto o funcionamento da instituição nesta segunda-feira (29). Na galeria de ex-presidentes, o secretário aproveitou para lembrar-se do pai, Athayde Nery de Freitas, que presidiu a entidade entre os anos de 1985 e 1986.

“Dialogar com a Santa Casa é uma das questões mais importantes dentro de Campo Grande, pois a população sabe que o hospital é referência. Mas antes disto devemos investir na saúde preventiva, equipando melhor as unidades de saúde básica da Capital”, justifica o candidato.

O presidente da ABCG, Esacheu Nascimento, aproveitou para explicar os problemas financeiros da Santa Casa, que possui um déficit de R$ 2,5 milhões entre a arrecadação e as despesas, além de mais de 3 mil pessoas nas filas de espera por cirurgias eletivas. “Eu penso que a melhor proposta é o diálogo aberto entre município e a Santa Casa”, destaca.

Hoje o hospital conta com 640 leitos hospitalares. A Prefeitura de Campo Grande é gestora plena da saúde e repassa para a Santa Casa R$ 20,2 milhões dos recursos provenientes do governo Federal e Estadual.

Veja também