(67) 99826-0686

Governador vota acompanhado de Rose e diz aguardar 'ansioso' por segundo turno

Azambuja destacou que ‘não existe espaço para aventuras’ na política de Campo Grande

2 OUT 2016
Amanda Amaral e Kerolyn Araújo
10h03min

Em ‘caravana’ com colegas de partido, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) chegou para registrar seu voto na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, no Jardim dos Estados, em Campo Grande. Junto com a candidata à prefeitura Rose Modesto, Azambuja disse aguardar otimista pelo segundo turno, já apontado por pesquisas de intenção de voto.

“O resultado da campanha tem sido muito satisfatório, melhorou muito em relação a 2012, com mais pessoas apoiando o PSDB”, avaliou ao sair da urna, relembrando que Rose começou com números mais baixos e foi crescendo a cada dia.

O governador ressaltou que a campanha foi feita por ‘inverdades’, mas confia que o eleitor não dará espaço para ‘aventuras’. “Isso faz parte do parte do processo eleitoral. Mas hoje o eleitor está mais focado nas propostas, há candidatos que fazem promessas impossíveis de se realizar no tempo de governo”, disse.

Foto: Geovanni Gomes

Azambuja disse ainda que as novas regras eleitorais determinam maior controle e transparência, salientando as regras que acabaram com as doações de milhões de reais por parte de empresas aos partidos e candidatos, o que, segundo ele, foi o motivo principal por trás da corrução que prejudicou o país.

Por fim, avaliou a situação geral das eleições 2016 na Capital de Mato Grosso do Sul e elogiou as propostas da candidata em relação aos demais concorrentes ao pleito. “Em 16 anos de gestão, o PMDB não fez nada em relação à saúde, por exemplo. Já a rose está sintonizada com planos para governar Campo Grande, tem planos para levar pra frente o Hospital do Trauma, a Caravana e o Hospital do Câncer”, finalizou.

Junto também da esposa, Fátima Azambuja, e dos secretários Carlos Alberto de Assis, Eduardo Riedel e Marcelo Miglioli, eles seguem para os demais locais de votação.

Veja também