TJMS
re9
(67) 99826-0686

Grupo cria personagem candidata para estimular voto nulo em Campo Grande

“Conceição Prefeita 99” questiona atual situação politica na Cidade

16 OUT 2016
Airton Raes
11h57min
Foto: Reprodução

Um grupo de eleitores insatisfeitos com a conjuntura politica nas eleições da capital criou uma personagem como “terceira via” no segundo turno de Campo Grande. Tudo para estimular o voto nulo. 


A página em rede social intitulada “Conceição Prefeita 99” é apócrifa e foi criada como uma forma de estimular o debate sobre o cenário politico na Cidade. “O segundo turno das eleições em Campo Grande é uma grande piada de mau gosto. De um lado, fantasma e de família hegemonista, das máfias de Campo Grande. Do outro, mais do mesmo, a tentativa de dominar estado e município. Os dois representam a profunda desconexão entre figurinhas repetidas da política institucional e as urgências da sociedade”, cita a pagina. 


Conceição foi criada pensando em alguém que seja o retrato da maioria da população de Campo Grande. Mulher, indígena, mãe de três filhos e avó “Contra os mesmos representantes do poder, apoiamos a candidata dos 99%. Nosso voto é Conceição. Seu número é 99 pois ela representa os 99% da população. Conceição anda de ônibus e sofre diariamente com o transporte precário da capital, que favorece alguns poucos. Utiliza o posto de saúde, os hospitais, as escolas públicas, que são poucos e precários nas periferias. Conceição é todas nós, e, quando prefeita, vai batalhar por uma cidade mais humana.”


A página lembra que Votando em conceição o voto será anulado e que isso não afetará o resultado final da eleição. “Votando 99, seu voto será oficialmente anulado (Conceição só não aparece nas urnas, mas está pelos pontos de ônibus, vilas e favelas). Mas quem disse que devemos compactuar com uma falsa polarização em que, qualquer que seja o resultado, beneficiará os mesmos donos do poder? Mesmo com uma grande quantidade de votos nulos, a eleição não será anulada. Mas Conceição estará nos debates, explicam. 

Veja também