(67) 99826-0686
PMCG IPTU 2019

Ícone da nova política, Capitão Contar fala em mandato com ética, educação e combate à corrupção

Militar do Exército foi o candidato mais votado nas últimas eleições

12 OUT 2018
Thiago de Souza
09h30min
Capitão foi o mais votado e prega ética e honestidade Foto: Divulgação assessoria

O Capitão Contar, do Exército Brasileiro, foi o candidato a deputado estadual mais votado nessas eleições. O militar chega como um dos ícones da nova política e diz que seu carro chefe no parlamento será a ética, educação e o combate à corrupção.

''Percebi durante a campanha que a necessidade maior do eleitor é trocar os seus representantes'', constatou o militar. Ele diz que, apesar das armadilhas do sistema político atual em manter as mesmas figuras, a busca pelo novo será uma constante a partir de agora.

Contar lembrou que era desconhecido, não gastou um centavo de dinheiro público na campanha e não precisou subir no palanque de ninguém. Para ele, isso significa que seus ideais ''se casaram com o anseio das pessoas''.

A contribuição de Contar na Assembleia se dará em forma de fiscalização do poder executivo. Evitando gastos desnecessários e desvios, o militar acredita que sobrará recursos para serem aplicados em saúde, educação e segurança.

Contar é tido como ícone da nova política e prega ética e educação. (Foto: Divulgação)

Outro desejo apontado por Contar é que escolas públicas utilizem conceitos de escolas militares, que são referência em aprendizado e disciplina no país.

''Essas escolas terão professores respeitando alunos, alunos respeitando professor, com ordem, disciplina, hino nacional...'', destacou. O deputado eleito diz que a criança que respeita a pátria, sua bandeira, seus valores, com certeza vai ser um adulto muito melhor, menos doente, não vai para o crime, vai ter emprego e ter oportunidades, o que é bom para a economia'', acredita.

Contar revela ainda que carrega a bandeira do projeto Escola Sem Partido e se mostra contrário à ideologia de gênero nas escolas.

Na saúde, o futuro parlamentar lembra que o casamento perfeito para a área é a junção de profissionais competentes, boa gestão e fechamento do ralo da corrupção.

''Se a gente conseguir fiscalizar todas as licitações de compra de materiais, contratação de pessoal e auditar tudo isso, vai começar a sobrar dinheiro'', garante o apoiador ddo presidenciável Jair Bolsonaro.

Como representante da segurança pública, o capitão cita a fronteira [Paraguai e Bolívia] que são os maiores produtores de drogas e tráfico de armas do mundo.

''Nós temos que promover integração de inteligência de forças auxiliares...melhorar as condições de trabalho do policiamento que atua na fronteira'', apontou.

O diálogo com as classes da segurança pública é tido como fundamental para o militar.

''A gente tem que ver os anseios deles e buscar as possíveis soluções'', lembrou.

Outra preocupação do militar é o agronegócio e que o produtor rural faz o dever de casa da porteira para dentro, mas da porteira para fora é um dever do governo.

''O estado tem de fomentar a infraestrutura, a qualidade das rodovias para que a produção possa ser escoada'', analisou Contar. A redução da carga tributária também é apontada como solução para o setor.

''O estado precisa captar recursos sem sufocar a classe produtiva'', acrescentou o capitão.
 

Veja também