informe leilão
dr. hernia
(67) 99826-0686

Marquinhos ignora PT e PMDB e confirma 'aproximação' com tucanos para 2018

Nova relação seria com o governdor Reinaldo Azambuja

9 FEV 2017
Rodson Willyams
11h20min
Foto: André de Abreu

O prefeito Marquinhos Trad, do PSD, afirmou durante agenda pública realizada nesta quarta-feira (8), que não pensa nas eleições de 2018. Segundo ele, a sua preocupação está na reconstrução de Campo Grande. Mas, ao ser questionado sobre possíveis alianças para Governo do Estado, com PT ou PMDB, o prefeito descartou e disse ter 'aproximação' com o ninho tucano, liderado pelo atual governador Reinaldo Azambuja, do PSDB.

Lideranças petistas, como o deputado federal Zeca do PT, demonstrou interesse na possibilidade de início de conversa com o PSD, comandado por Marquinhos, para ser uma alternativo, sendo o terceiro viés para eleições de 2018. Porém, o prefeito disse que o único compromisso neste momento é 'reconstruir Campo Grande'.

Sobre a possibilidade, Marquinhos disparou, "o meu compromisso é reconstruir Campo Grande com a ajude deles. Afinal, a própria população elegeu o José Orcírio como deputado federal. E como político, ele tem que ajudar e auxiliar Campo Grande", alfinetou.

Em relação ao PMDB, liderado pelo ex-governador André Puccinelli, Marquinhos preferiu não comentar. Antes das eleições de 2016, Trad fazia parte do quadro partidário do PMDB, mas depois de desentendimentos e falta de apoio, Marquinhos deixou a sigla e migrou para o PSD, para disputar a prefeitura de Campo Grande.

Apesar de ser questionado sobre a possibilidade de aliança com o PMDB, o prefeito declarou estar mais próximo do PSDB. "Não tenho preocupação com eleição de 2018. Fui eleito para reconstruir Campo Grande, mas tenho aproximação carinhosa e afetiva com o governador Reinaldo Azambuja".

Marquinhos disputou às eleições ao lado da vice-governadora Rose Modesto, do PSDB. Durantes a campanha, diversos ataques, inclusive pessoal, foram disparados pelos tucanos contra o prefeito. Diversos casos foram para na Justiça Eleitoral, com direito de resposta.

No entanto, após se eleito, Marquinhos iniciou o processo de conversar com todos os partidos, e um dos encontros foi com o governador Reinaldo Azambuja. O resulta dias depois, foi a ajuda do Governo do Estado para auxiliar o município no tapa buraco. Além de outras parcerias. Com isso, as rusgas da campanha foram deixadas de lado. 

Veja também