(67) 99826-0686

Marquinhos prestigia filiação de Odilon, mas desconversa sobre aliança com PDT

Marquinhos declarou que recebeu um convite e foi ao local 'educadamente' como prefeito de Campo Grande

11 NOV 2017
Diana Christie e Anna Gomes
11h46min
Foto: André de Abreu

Sem agenda prevista para a manhã deste sábado (11), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) surpreendeu a todos comparecendo ao ato de filiação do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira ao PDT. Apesar da visita de cortesia, ele desconversa sobre possível aliança com o partido para a campanha de 2018.

Em rápida conversa com a imprensa, Marquinhos declarou que recebeu um convite e foi ao local “educadamente” como prefeito de Campo Grande. Quando interrogado sobre parceria com o PDT, ele destaca que não tem acordo algum com as lideranças do partido e que o futuro “a Deus pertence”.

Em relação à grande estrela da cerimônia, o juiz Odilon, Marquinhos afirma que tem muito respeito pelo magistrado.

Filiação

Odilon de Oliveira participa, nesta manhã, de solenidade de filiação ao PDT com a presença de figuras de renome como o presidente nacional do partido, Carlos Lupi,  e o deputado federal Dagoberto Nogueira. O pré-candidato à presidência, Ciro Gomes, também deve participar do evento, mas está atrasado por causa de problemas com o voo.

Mais cedo, o juiz aposentado garantiu que não tem medo de sujar a carreira de magistrado, construída com muito trabalho, ao entrar na política. Além disso, se comprometeu a ficar longe de políticos antiéticos.

“Não sou piolho para ir na cabeça de ninguém. Não vou me misturar com pessoas que não sejam de lisura. Por isso escolhi um partido que não tem envolvimento com Lama Asfáltica,  JBS e corrupção em geral”, declarou. 

Veja também