(67) 99826-0686

Marun diz que 'trabalhará duro' para eleger Puccinelli em 2018

Ministro quer percorrer todos os municípios de MS em busca de votos para Puccinelli

22 DEZ 2017
Kerolyn Araújo e Rodson Willyams
15h01min
Foto: André de Abreu

Cumprindo agenda em Campo Grande, o ministro do governo Carlos Marun (PMDB) disse que trabalhará duro, até mesmo nos finais de semana, para que André Puccinelli seja eleito em 2018. O ex-governador de Mato Grosso do Sul anunciou a pré-candidatura na manhã desta sexta-feira (22).

''Inicialmente vou trabalhar nos finais de semana, percorrendo os 79 municípios de Mato Grosso do Sul em busca de votos para o Puccinelli''. 

Apesar de não saber se o cargo de ministro ajudou Puccinelli a ser pré-candidato ao governo, Marun defendeu o colega de partido. ''Ele (Puccinelli) não foi indiciado, foi absolvido e o que aconteceu na segunda instância foi uma injustiça. Não tem investigação e nada que impeça que ele dispute a candidatura''.

Mesmo sem o presidente Michel Temer (PMDB) confirmar se disputará ou não a reeleição, Marun também ressaltou que vai trabalhar pela candidatura do governo federal. Ele chegou a dizer que já tem alguns nomes sinalizados, como Geraldo Alckmin (PSDB), Rodrigo Maia (DEM) e Henrique Meirelles (PSD).

Veja também