conadhe
tjms
(67) 99826-0686

MPE abre inquérito contra Bernal e pode atrapalhar planos para 2018

Ex-prefeito é suspeito de improbidade administrativa por uso de site oficial

9 OUT 2017
Liziane Berrocal
12h00min
politica-interna1
Victor Hugo - 28 anos

Pré-candidato a uma vaga na Câmara Federal, o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) terá que dar novas explicações ao Ministério Público Estadual. É que um ano após as eleições, o MPE converteu em inquérito civil o procedimento preparatório que investigava o uso da página oficial da Prefeitura de Campo Grande para fazer propaganda eleitoral durante a campanha do ano passado.

A investigação é por suspeita de improbidade administrativa e é comandada pelo promotor de Justiça Humberto Lapa Ferria, da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social.

Bernal contestou a informação e explicou que nesse caso a Justiça Eleitoral suspendeu o site da Prefeitura por suposta inserção irregular de notícias no site da prefeitura, atendendo a coligação da Rose Modesto (PSDB), que também era candidata na época.

Ele entende que não houve qualquer irregularidade nas publicações. “Todas foram realizadas fora do período vedado pela lei eleitoral e são matérias de caráter informativo, sem qualquer caracterização de promoção pessoal”, justificou.

Com planos para 2018 o ex-prefeito tem que lutar na justiça para que nenhuma condenação atrapalhe sua meta de chegar ao cargo de deputado federal, que segundo informações de bastidores, é o cargo que ele quer disputar. 

Bernal foi procurado nesta manhã pela reportagem, mas não deu retorno até o momento da publicação.

politica-interna2
nando viana

Veja também