zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

MPE arquiva denúncia de uso de veículo oficial na campanha da vice-governadora na Capital

Segundo a 29ª Promotoria de Justiça, nenhum crime ficou comprovado

17 JUN 2017
Diana Christie
07h00min
Foto: André de Abreu

O MPE (Ministério Público Estadual) anunciou, nesta terça-feira (6), o arquivamento de procedimento preparatório para investigar um servidor público estadual por improbidade administrativa durante a campanha eleitoral de 2016, quando a vice-governadora Rose Modesto (PSDB) entrou na disputa pela prefeitura de Campo Grande.

Segundo a denúncia, o servidor identificado apenas pelas iniciais J.C.F. teria usado veículo oficial para fins particulares, em especial para a participação em reunião política da então candidata Rose Modesto. Como nada ficou comprovado, a 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social decidiu pelo arquivamento da investigação.

As informações foram publicadas no diário oficial do MPE, mas os detalhes do processo foram colocados em sigilo. Segundo a Secretaria do Conselho Superior do Ministério Público, em cumprimento ao artigo 126 do Regimento Interno, os interessados têm prazo de dez dias para apresentar “razões escritas, peças informativas ou documentos” que podem ser juntados ao processo, se for o caso.

Campanha

Rose Modesto disputou a prefeitura de Campo Grande, chegou ao segundo turno, mas acabou perdendo para Marquinhos Trad (PSD). Apesar disso, ela estuda a possibilidade de sair candidata à deputada federal nas eleições de 2018. “Estou aberta a disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Mas quem vai decidir é o partido. Vou sair candidata a alguma coisa”, destaca.

A vice-governadora frisa que seu nome tem sido cotado para a disputa pelos próprios integrantes do partido, já que é comum a mudança de chapa em uma possível reeleição de Reinaldo Azambuja (PSDB). “Esse é um desejo que vem da base. Dos vereadores. De prefeitos do interior do Estado. E temos como tradição escutar a voz que vem das bases do partido. Em 2018, eu serei candidata. Mas ainda não sabemos candidata a que”, finaliza.

Veja também