conadhe
tjms
(67) 99826-0686

MPE investiga se vereadores de Dourados receberam diárias indevidas

O Presidente da Câmara Municipal tem prazo de até 20 dias para encaminhar cópias de todos os procedimentos administrativos instaurados neste ano

5 OUT 2017
Redação/MPE
08h00min
Foto: MPE
politica-interna1
Victor Hugo - 28 anos

Com objetivo de apurar supostos recebimentos de diárias indevidas por vereadores da atual legislatura da Câmara Municipal de Dourados, o promotor Ricardo Rotunno, titular da 16ª Promotoria de Justiça, instaurou um inquérito civil, publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (4).

De acordo com Rotunno, há a necessidade de apurar acerca da legalidade dos pagamentos de tais benefícios, notadamente no que tange à metodologia aplicada para a disponibilização dos valores e sua adequação à lei.

Ele ainda explica que, se confirmada a ilegalidade no recebimento de tais verbas, os responsáveis pelos pagamentos e beneficiários incorrerão em atos de improbidade administrativa, em razão de enriquecimento ilícito, em detrimento do erário, sem prejuízo da violação aos princípios que regem a administração pública.

O Presidente da Câmara Municipal de Dourados tem prazo de até 20 dias, para encaminhar cópias de todos os procedimentos administrativos instaurados, neste ano de 2017, pela Casa de Leis, que visam o pagamento de diárias aos vereadores, acompanhados das respectivas prestações de contas.

Também fica estabelecido que encaminhe estudo do impacto financeiro na folha de pagamento, ocasionado em razão do pagamento de tais verbas no período.

politica-interna2
nando viana

Veja também