Águas
studio center
(67) 99826-0686

MPF denuncia 72 ex-deputados na 'farra das passagens'; três políticos do MS 'escapam'

São 28 ações penais referentes a denúncia feita em 2009

9 AGO 2017
Thiago de Souza
19h16min
Antônio Cruz teria crime prescrito e não foi denunciado Foto: TopMidiaNews

O MPF (Ministério Público Federal) denunciou à Justiça 72 ex-deputados federais envolvidos no escândalo que ficou conhecido como a ''farra das passagens''. Três ex-deputados por MS não foram denunciados já que, no caso deles, o crime estava prestes a prescrever.

A denúncia já havia sido feita e agora foi ratificada pelo MPF.

A "farra das passagens" foi revelada pelo site Congresso em Foco em 2009. Na época, o site relatou que políticos usaram a cota parlamentar de viagens para emitir bilhetes para amigos e parentes, em alguns casos até com destinos internacionais.

(Biffi não foi denunciado à Justiça)

As denúncias do MPF se referem a casos investigados entre 2007 e 2009. As acusações foram enviadas para a Justiça Federal do DF, que agora vai analisar se abre processo contra os ex-deputados.

Por MS, o ex-deputado e hoje vereador por Campo Grande, Antônio Cruz (PSDB), o ex-deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), Pedro Pedrossian Neto (PMB) e Murilo Zauith (PSB) foram investigados pelo Ministério Público Federal. Murilo Zauith continua sendo investigado e por isso não foi denunciado.

politica-interna2
zé ramalho

Veja também