(67) 99826-0686

MPF recorre na Justiça e tenta colocar novamente tornozeleira em André Puccinelli

Operação Máquinas de Lama foi deflagrada em maio e implica ex-governador

17 JUL 2017
Airton Raes
07h00min
Foto: Wesley Ortiz

O Ministério Público Federal recorreu ao Tribunal Regional Federal da Terceira Região contra a decisão da Justiça que liberou do uso de tornozeleira eletrônica e suspendeu o pagamento de fiança de R$ 1 milhão do ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli (PMDB).

Durante Operação Máquinas de Lama, quarta fase da Operação Lama Asfáltica, a Justiça Federal negou a prisão preventiva, mas determinou que André Puccinelli utilizasse tornozeleira eletrônica e o pagamento da fiança no valor de R$ 1 milhão.

Em maio, os advogados de Puccinelli conseguiram liminar do TRF3, que suspendeu a decisão da juiza federal Monique Leite, livrando o ex-governador do monitoramento eletrõnico.Como a decisão era suspensiva, o MPF recorreu na decisão na Justiça Federal em 25 de maio. O recurso para que Puccinelli voltasse a utilizar tornozeleira eletrônica foi negado e encaminhado para instância superior.

Em 4 de julho o recurso do MPF relativo ao pedido de prisão preventiva de André Puccinelli chegou no Tribunal Regional Federal a Terceira Região e foi distribuído para o desembargador federal Paulo Fontes, por dependência aos processos anteriores da Operação Máquinas de Lama. O processo tem 320 páginas.

A Operação Máquinas de Lama descobriu esquema de corrupção envolvendo o pagamento de propina para obter benefícios fiscais. O grupo JBS pagou em um ano R$ 10 milhões em um ano em propina, correspondendo a 20% dos incentivos fiscais dados pelo Governo do Estado. O pagamento ilegal se dava através de notas fria sou superfaturamento de serviços da Gráfica Alvorada.

O ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli era o comandante do esquema criminoso de recebimento de propina, afirmou a Polícia Federal durante a investigação da Operação Maquinas de Lama, 4ª fase da Operação lama Asfáltica.

Veja também