(67) 99826-0686
CG bem melhor - maio

'Ninguém pode dizer que tem vaga garantida', diz Reinaldo sobre PSDB no Senado

Reinaldo ainda afirmou que tucanos devem discutir até o último momento sobre indicação do nome

16 MAI 2018
Rodson Willyams
19h00min
Foto: Rodson Willyams

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse, nesta quarta-feira (16), que o PSDB deve discutir até a véspera das convenções sobre o nome que disputará a vaga da chapa tucana ao Senado Federal. Para o governador, "ninguém pode dizer que tem vaga garantida".

Dentro do ninho tucano, há dois nomes que concorrem a vaga. O ex-secretário de Infraestrutura Marcelo Miglioli e o deputado federal Geraldo Resende. "O PSDB não tem um único nome, hoje temos o Geraldo e o Marcelo que pleiteiam a vaga. Mas o partido também está construindo uma aliança com outros partidos. Nós teremos duas vagas e o PSDB vai compor essas vagas também com outros partidos".

Ao ser questionado se Marcelo Miglioli teria mais chances para ser o pré-candidato para o Senado, o governador apenas afirmou que antes é preciso ter viabilidade política. "Ele se licenciou do Governo, da secretaria e está percorrendo o Estado. Está tentando se viabilizar e colocou o nome dele como pré-candidato. Vai tentar se viabilizar dentro do partido. Agora é buscar para ter essa vaga".

Reinaldo ainda declarou que Miglioli "tem nome, é um bom quadro e trabalhou bem na infraestrutura do Estado. Hoje temos investimentos nos 79 municípios", o que credenciaria para a disputa.

Correndo por fora

Por fora, outro pré-candidato também pleiteia a vaga. O ex-prefeito Nelsinho Trad Filho (PTB) aposta em uma aliança com o PSDB e visa disputar a vaga para o Senado. "O Nelsinho tem nos acompanhado bastante para compor o nome".

Mas Reinaldo avisa: "ninguém pode dizer que tem a vaga garantida. Vamos discutir até a véspera das convenções com os partidos sobre o nome do provável candidato", finaliza.

Veja também