(67) 99826-0686

No Dia da Independência, duas pesquisas para prefeito devem acirrar disputa eleitoral

Dois instituto de pesquisas registraram pesquisas que serão divulgadas amanhã

6 SET 2016
Diana Christie
11h03min
Foto: Geovanni Gomes/André de Abreu

Com a campanha efervescente, duas novas pesquisas eleitorais, previstas para serem divulgadas nesta quarta-feira (7), devem chacoalhar a corrida pela prefeitura de Campo Grande. Os resultados, sempre esperados pelos candidatos na disputa, servem para nortear estratégias de campanha já que mostram quais regiões do município devem ser mais trabalhadas pelos postulantes.

A Assessoria Contábil & Pesquisas Ltda deve divulgar resultado de questionários realizados entre 2 e 5 de setembro com 645 entrevistados. Encomendada pelo Jornal de Domingo por R$ 5 mil, a pesquisa quantitativa realizou entrevistas pessoais e domiciliares, com aplicação de questionário estruturado e entrevistas pessoais. O plano amostral é composto pelas cotas de sexo, faixa etária e grau de instrução proporcionais ao universo de eleitores e pela distribuição geográfica da amostra.

“O sorteio da amostra deu-se em três fases. Na primeira fase realizou-se o sorteio aleatório dos setores censitários (Fonte: IBGE Censo 2010) utilizando-se o método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho do setor). Na segunda fase procedeu-se ao sorteio aleatório dos domicílios a serem entrevistados dentro dos setores. Na terceira e última fase preencheu-se as cotas de sexo e faixa etária determinadas pelos dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de junho/16”, diz a descrição da pesquisa.

No total, foram entrevistados 300 homens e 345 mulheres. A margem de erro máxima estimada é de 3,8 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. As questões foram aplicadas através de leitura de todas as perguntas aplicadas e verificação de 20% do material preenchido por cada um dos entrevistadores, além de checagem em campo através do supervisor.

A segunda pesquisa a ser divulgada amanhã é do Instituto Valle Pesquisas, com 1750 entrevistados entre 1 e 6 de setembro. Encomendada pela própria instituição pelo valor de R$ 16 mil, o relatório deve apresentar projeções para o cargo de prefeito e de vereador. O intervalo de confiança é de 95%, com margem de erro máxima estimada de 2.34 pontos percentuais, para mais ou para menos. A variável quanto à região é proporcional ao setor censitário do IBGE.

O plano amostral consta de quotas proporcionais as existentes no universo de acordo com as variáveis: região, sexo e faixa etária. Escolaridade e renda familiar não foram controladas nas quotas, sendo que a abordagem consiste na aplicação de amostragem aleatória representativa da população residente em Campo Grande, com 16 anos ou mais de idade.

“A amostra é selecionada em dois estágios, sendo que no primeiro faz-se uma divisão da amostra proporcionalmente ao número de habitantes acima de 16 anos de idade dentro de cada área geográfica intra-municipal. No segundo estágio, para cada área geográfica, os respondentes são selecionados respeitando-se quotas proporcionais controladas por região geográfica, sexo e faixa etária, de acordo com o perfil da população em estudo”, explica o instituto.

Ainda conforme a Valle, o trabalho de coleta de dados é acompanhado in loco por supervisores de campo. Após os trabalhos de campo os questionários são criticados, codificados e digitados. São selecionados aleatoriamente 20% dos questionários para uma verificação posterior com ligações telefônicas para os números indicados nos formulários. Em caso de dúvida, o formulário é descartado e o entrevistador chamado para esclarecimentos.

As entrevistas ocorreram nos bairros Aero Rancho, Alves Pereira, América, Centenário, Centro-Oeste, Guanandi, Jacy, Jóckey Club, Lageado, Los Angeles, Parati, Pioneiros, Piratininga, Taquarussu, Carlota, Dr. Albuquerque, Jardim Paulista, Maria Aparecida Pedrossian, Moreninha, Rita Vieira, São Lourenço, Tiradentes, Tv Morena, Universitário, Vilas Boas, Amambaí, Bela Vista, Cabreúva, Carvalho, Centro, Cruzeiro, Glória, Itanhangá, Jardim dos Estados, Monte Líbano, Planalto, São Bento, São Francisco e Nova Campo Grande.

Também constam na lista os bairros Núcleo Industrial, Panamá, Popular, Santo Amaro, Santo Antonio, Sobrinho, Bandeirantes, Batistão, Caiçara, Caiobá, Coophavila II, Leblon, São Conrado, Tarumã, Taveirópolis, Tijuca, União, Autonomista, Carandá, Chácara Cachoeira, Chácara dos Poderes, Estrela Dalva, Margarida, Mata do Jacinto, Noroeste, Novos Estados, Santa Fé, Veraneio, Coronel Antonino, José Abrão, Mata do Segredo, Monte Castelo, Nasser, Nova Lima e Seminário. Por fim, alguns dos questionários foram aplicados nos distritos de Anhanduí e Rochedinho.

Veja também