Águas
Corrida Cassems
(67) 99826-0686

Com salários atrasados, enfermeiros da Santa Casa fazem protesto na Câmara Municipal

O pedido é que acordo seja feito para que todos recebam até o quinto dia útil

10 AGO 2017
Liziane Berrocal e Rodson Willyams
10h20min
Profissionais foram até a Casa de Leis pedir auxílio Foto: Foto: André de Abreu

A briga entre o hospital Santa Casa e a prefeitura de Campo Grande ganhou mais um reforço. Desta vez, profissionais de enfermagem foram à Câmara Municipal, durante a sessão, para defender a entidade. Um ônibus com 80 pessoas foi até o local para prestar apoio.

Segundo Lázaro Santana, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Enfermagem de Mato Grosso do Sul, o motivo é pedir aos vereadores para interferirem na resolução do problema entre a Santa Casa e a Prefeitura para que o pagamento dos funcionários seja realizado até o quinto dia útil.

“Essas brigas acabam prejudicando os funcionários, que têm outros compromissos e acabam sendo lesados porque recebem atrasado”, justificou. A Santa Casa tem em seu quadro 1400 profissionais de enfermagem.

Sobre a superlotação, Lázaro diz que é uma realidade contínua e a enfermagem sempre trabalhou de forma sobrecarregada. “Há uma alta demanda. Isso acaba causando uma evasão de profissionais. Em seis meses, aproximadamente 30 profissionais pediram demissão por se sentirem cansados, sobrecarregados e alegando salário abaixo do mercado”, contabilizou. 

politica-interna2
zé ramalho

Veja também