TJMS
re9
(67) 99826-0686

Picarelli e Beto Pereira disputam apoio do PSDB para presidência da Assembleia

Apesar da pretensão da bancada, Junior Mochi caminha para reeleição com o deputado Zé Teixeira (DEM) na primeira-secretaria

24 NOV 2016
Airton Raes
15h38min
Foto: André de Abreu

O deputado estadual Beto Pereira (PSDB) e o deputado estadual Mauricio Picarelli (PSDB) disputam o apoio da bancada do PSDB para concorrer à presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O presidente da Casa de Leis, Junior Mochi (PMDB), é candidato à reeleição e conta com apoio da maioria dos deputados.

O deputado estadual Maurício Picarelli afirmou que pretende disputar a presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. "O PSDB possui a maior bancada e coloco o meu nome à disposição para ser presidente da Assembleia”, afirmou Picarelli. O parlamentar também disse que espera que uma chapa de consenso seja formada.

Na manhã desta quinta-feira (24), o secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula, afirmou que Beto Pereira é o nome dentro da bancada para disputar a presidência, mas que caberia ao parlamentar correr atrás do apoio necessário para disputar o cargo. Sérgio De Paula também disse que espera que haja um consenso entre os parlamentares da base aliada para compor a futura mesa diretora, sem precisar ter duas chapas concorrendo.

O vice-presidente da Assembleia, deputado Onevan de Mattos confirmou a informação. “O Nome do PSDB é o Beto”, disse.  Entretanto, alguns deputados da bancada do PSDB não confirmaram a informação. O deputado estadual Flávio Kayatt afirmou que não estava sabendo da indicação do nome de Pereira. O deputado Ângelo Guerreiro também disse que não havia sido comunicado.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), se reuniu, na manhã da última quarta-feira (23), na casa de Kayatt, com seis dos oitos deputados da bancada do PSDB, onde afirmou que não iria interferir na disputa pela Mesa Diretora, cabendo aos parlamentares articular uma chapa de consenso. Mas eles tinham a liberdade de disputar a presidência desde que houvesse um nome de consenso dentro da bancada.

Apesar da pretensão da bancada do PSDB, o presidente Junior Mochi caminha para reeleição, com o deputado Zé Teixeira (DEM) na primeira-secretaria, contando com o apoio de pelo menos treze dos 24 parlamentares que compõem a Assembleia Legislativa. 

Veja também