(67) 99826-0686
Câmara - Novembro

Eleição para diretores de postos de Saúde? Câmara quer discutir proposta na Capital

Porém, muitos afirmam que é necessário critérios antes da eleição

10 NOV 2018
Rodson Willyams
15h15min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo Topmidianews

Os vereadores da Câmara Municipal começaram a ventilar a possibilidade de eleger, por meio de voto direto, os novos diretores de postos de saúde. Atualmente, esses diretores exercem cargo de comissão sendo indicadas diretamente pelo Executivo.

No entanto, embora o diálogo tenha sido aberto, os parlamentares frisam que antes de haver eleição é necessário ter critérios, uma vez que se trata de unidades de saúde.

Para o vereador Eduardo Romero (Rede), antes de haver uma proposta, há o conselho de gestores. "Nos locais aonde ele está organizado, as unidades funcionam bem, isso não quer dizer que não tenha problemas. Mas quanto a escolha de votação teríamos que achar alternativas seguras também".

Romero ainda lembra apesar de ser favorável a questão, antes de iniciar a discussão a proposta tem partir do Executivo.

"A Câmara não tem competência para fazer, mas nós somos a caixa de ressonância da população. E por exemplo, se houver votação, como isto vai acontecer? Na escola temos um público que é o ano inteiro. No postos, o público é variável. E quem vota? Será por área, por região ou endereço. E como fica uma UPA 24 horas, onde o atendimento emergencial é geral".

Outro a comentar a questão foi o vereador Chiquinho Telles (PSD), líder do prefeito Marquinhos Trad, do mesmo partido. "Sou a favor do Executivo ou secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela de mandar um projeto de eleição de novos diretores de UPA feita pela comunidade para a Câmara. Isto também evitaria muito 'disse-me-disse' e teria um processo democrático escolhido pela população. Claro, obedecendo critérios e tendo capacidade técnica de administrar".

Veja também