TJMS
re9
(67) 99826-0686

Psol protocola pedido de impeachment de Temer na tarde desta segunda-feira

O partido destaca que pesam contra Temer as denúncias do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero

28 NOV 2016
Jornal do Brasil
14h34min
Foto: EBC

O Psol protocola na tarde desta segunda-feira (28), na Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados, o pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer. A solicitação de impedimento é fundamentada na Lei 1.079/1950, artigos 7, 9 e 14 – crime de responsabilidade – e na Constituição Federal, artigo 85.

O partido destaca que pesam contra Temer as denúncias do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, que afirma que o presidente da República interveio em favor dos interesses do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para liberar uma obra. “Agora, sim, estamos diante de um crime de responsabilidade sem margem para dúvidas”, disse o líder do Psol, deputado Ivan Valente (SP), na semana passada.

Para o presidente nacional do Psol, Luiz Araújo, a crise envolvendo a pressão de Geddel pra liberar empreendimento é simbólico do governo Temer. “Ele (Geddel) se demitir é uma forma de proteger o chefe. Temer está envolvido nesse e nos demais escândalos e deve sair imediatamente do governo”, frisou.

"Mobilizemo-nos todos para defendermos o 'Fora Temer' e 'Eleições Diretas Já'. Esta é a palavra de ordem urgente e necessária. Salvemos a democracia e devolvamos a soberania ao povo brasileiro", escreveu a deputada federal Luiza Erundina (Psol/SP).

Veja também