(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

"PT não está autorizado a falar do PSDB", diz Márcio Monteiro

Questão municipal

30 OUT 2013
Juliene Katayama
12h22min
Foto: Giuliano Lopes/ ALMS

O presidente regional do PSDB, deputado estadual Márcio Monteiro, criticou a atitude do PT de incluir os tucanos nas discussões com o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). "O PT não está autorizado a colocar o PT nessa discussão", afirmou.

Márcio disse ainda que a cidade está em ritmo mais lento do que deveria estar em decorrência dos problemas administrativos. "Os encaminhamentos que tneho ouvido é só no campo político, mas precisa resolver o problema da administração para a cidade andar", ressaltou.

O partido saiu da base aliada da administração municipal desde que o prefeito ignorou as reivindicações tucanas para a administração. O PSDB apoiou Bernal no segundo turno junto com PT.

Quanto ao possível convite ao vereador João Rocha (PSDB) para assumir a Secretaria de Governo, Márcio Monteiro disse que o convite deverá ser discutido no partido.

"Eu falei ontem com João Rocha, mas ele me disse que não foi feito convite. Mas se fizer ele trará a discussão para dentro do partido", pontuou o tucano.

Problemas - Para o deputado, o prefeito não enfrenta apenas problemas de ordem política, mas adminsitrativas. "O problema administrativo é tão grave quanto o político", resumiu.

Na avaliação dele, o prefeito desmontou terá de reconstruir a máquina administrativa que ele desmontou. Um exemplo citado por Márcio Monteiro é a Secretaria de Educação (Semed), pasta comandada pelo PSDB durante gestão do PMDB. "O (José) Chadid vai ter de refazer tudo o que já tinha sido feito", finalizou.

Veja também