Corrida Cassems
(67) 99826-0686

Reinaldo não vê censura em apreensão de quadro e diz que é trabalho da polícia checar denúncia

Tucano se disse favorável à arte e à cultura

14 SET 2017
Thiago de Souza e Airton Raes
19h52min
Reinaldo não viu censura na apreensão de quadro

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse, nesta quinta-feira (15), que a apreensão do quadro que supostamente faz apologia à pedolifia não se trata de censura. Ele justificou que a ação é uma obrigação da polícia, quando se vê diante de uma denúncia.

Conforme Azambuja, a polícia vai investigar o caso para ver se há apologia a algum crime e que, se nada for provado, será devolvido.

O tucano, que estava justamente no Marco, Museu de Arte Contemporânea, para o lançamento das festividades de 40 anos de Mato Grosso do Sul, ressaltou que, se for constatado crime de apologia à pedofilia, vai pedir que materiais desse tipo não fiquem acomodados no acervo do Governo do Estado.

Reinaldo esclareceu que é a favor da arte e da cultura no Estado.

Veja também