TCE DEZEMBRO
(67) 99826-0686
PMCG IPTU 2019

Reinaldo oficializa candidatura de 2018 comemorando apoio de 14 partidos

Prestes a iniciar campanha à reeleição, governador avalia como positiva gestão até aqui e compromisso em completar projetos

4 AGO 2018
Amanda Amaral e Rodson Willyams
13h24min
Foto: André de Abreu

Reinaldo Azambuja (PSDB) finaliza este sábado (4) de convenções partidárias consolidando alianças com 14 partidos, que o apoiam na tentativa de reeleição ao governo de Mato Grosso do Sul. Questionado sobre o que alguns classificaram como ‘inchaço’ de campanha, ele só encara o otimismo e adiciona, “a gente coliga com quem a gente gosta e quem gosta da gente”.

Em discurso emocionado, especialmente ao ver a mãe no público, ele lembrou dos pedidos da esposa Fátima e dos filhos, para que não concorresse novamente ao cargo. Contudo, disse ter se sentido na obrigação de contrariar a família e terminar o que havia prometido na campanha anterior. 

“Tenho um dever para cumprir, ainda que tenhamos alcançado 76% do que foi prometido em 2014. O Estado é primeiro em transparência, e isso foi uma obrigação nossa, estou colocando seu nome em apreciação para dar continuidade a um trabalho que deu certo. Espero que esta campanha seja prezada pela boa política e retidão”, avalia. 

Ainda, diz que o governo estadual atendeu 68 mil pessoas pela Caravana da Saúde e, através das subsecretarias, abriu diálogo com todos os setores da sociedade, em grupos como LGBTs, juventude e indígenas. 

No palanque do diretório estadual do partido, Azambuja esteve ao lado dos apoiadores Alcides Bernal (PP), Marcelo Miglioli (PSDB), Nelsinho Trad (PTB), e outros nomes, como Marisa Serrano, Humberto Figueiró e a radialista Keliana Fernandes (Pros), até então cotada para ser vice do concorrente Odilon de Oliveira (PDT).  

Azambuja também lembrou que o PSL fechou com o partido, ainda que peça nacionalmente votos para o candidato Jair Bolsonaro. Na próxima semana, os partidos devem fazer todos os registros junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), para dar prosseguimento aos trabalhos. 

Aliança

Em seu discurso, o candidato ao senado Nelsinho Trad disse que é “uma grande satisfação participar deste momento”, evidenciando que sua experiência na política vai o ajudar. O ex-prefeito de Campo Grande pediu por votos, mas que fossem priorizados ao candidato Miglioli e, depois a ele. 

Em breve coletiva de imprensa entre os candidatos, Miglioli  afirmou que em sua gestão como secretário de infraestrutura na gestão de Azambuja foram levados investimentos a todos os 69 municípios de MS. “Essa nossa aliança vem desde 2006, e espero que esse apoio de 60 prefeitos ajude na campanha dele”, disse, pedindo apoio dos eleitores.

O vice candidato ao governo Murilo Zauith (DEM) diz que se sente honrado em participar do pleito. “O Democratas sempre colaborou com o governo e, graças a Deus, está consolidado o apoio e vamos caminhar em união”, finalizou. 

 

Veja também