TJMS - Setembro
(67) 99826-0686

Sem espaço: Elizeu Dionízio deixa PSDB e destino pode ser PSL de Bolsonaro

Elizeu teria entrado em contato com coordenador de campanha de Bolsonaro e manifestado interesse em fazer migração

12 MAR 2018
Rodson Willyams
13h56min
Foto: Reprodução / Arquivo TopMidiaNews

O deputado federal Elizeu Dionízio (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (12), que deve deixar o PSDB e que está a procura de uma nova legenda para abrigar o seu 'grupo partidário' em Mato Grosso do Sul.

Dionízio no passado deixou a Câmara Municipal para assumir a suplência de Marcio Monteiro na Câmara Federal, e ficou em definitivo com a vaga após o ex-secretário virar conselheiro do Tribunal de Contas.

Ao TopMídiaNews, o deputado federal confirmou que está saindo do PSDB. "Estou procurando um partido para colocar nosso grupo. Tenho conversado com todos os partidos, menos com os de esquerda", frisou.

Ao ser questionado se teria uma inclinação para fechar com o pré-candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), Dionízio apenas comentou que também tem conversado com a sigla.

O parlamentar afirmou que deixa o PSDB, porque não teria 'espaço político' para abrigar o seu grupo. "Hoje precisamos buscar espaço", finalizou.

PSL

A reportagem entrou em contato com ex-deputado Coronel David (PSL), um dos coordenadores de campanha de Jair Bolsonaro, em Mato Grosso do Sul, e confirmou que houve a abertura de diálogo com o político.

"Na semana passada estive na filiação do Bolsonaro. E quando estava no gabinete dele, ele ligou para o [Fernando] Francischini (SD/PR) que deve mudar para o PSL e vai ser secretário-geral do partido. Nessa ligação, ele disse que foi procurado pelo Elizeu e que teria dito que gostaria de vir para o partido", conta.

E emenda, "mas não sei nada sobre isso [sobre a conversa]. Francischini ficou de ligar, mas até o momento não falou nada. Mas acho que essa semana devemos definir o partido, vamos fechar a lista de candidatos e ver a majoritária e a lista de proporcionais. Além de verificarmos se vamos ter candidato ao governo", finalizou.

Veja também