Sicredi
ASSBMS
(67) 99826-0686

Siufi volta a ter dúvidas se assume mandato de deputado ou permanece vereador

'Meu coração é da Câmara, mas a minha razão é da Assembleia', afirmou

8 JAN 2017
Airton Raes
11h30min

Faltando menos de um mês para tomar posse como deputado, o vereador Paulo Siufi (PMDB) afirmou que retornou a dúvida se continua como vereador ou assume a suplência deixada pelo prefeito de Campo Grande, Marcos Marcello Trad (PSD), na Assembleia Legislativa. “Meu coração é da Câmara, mas a minha razão é da Assembleia”, afirmou o parlamentar.

Siufi explicou que estava tudo encaminhado para assumir o mandato de deputado no dia 02 de fevereiro. Entretanto, contou que o inicio da nova gestão municipal, retornando a harmonia entre a Câmara Municipal e a Prefeitura, fez com que o vereador repensasse seu destino. “Após a posse, o convívio do dia a dia os vereadores atuais está muito bom. Todos estão com muita vontade de trabalhar. Voltou a parceria de antes com a prefeitura. Voltou a harmonia. Isso mexeu comigo. Estou em dúvida”, destacou.

O parlamentar disse que irá conversar na próxima semana com o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), e com o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), para poder tomar a decisão sobre o mandato. “Conversei com os dois antes da posse. Devemos ter a mesma conversa. Que estou vindo para somar. Que sou do PMDB e o PMDB na Assembleia apoia o governo do Estado. Sou amigo dos dois. Balancei. Mochi e Azambuja tem a experiência para me orientar. Tenho experiência como vereador. É a primeira vez que irei assumir como deputado e não sei como funciona a Casa”, explicou. 

Veja também