(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Justiça convoca Takimoto para apresentar defesa contra expulsão

Mudança de partido

8 NOV 2013
Juliene Katayama
09h37min
Foto: Giuliano Lopes/ ALMS

A Justiça Eleitoral convocou o deputado estadual George Takimoto (PDT) para apresentar, na próxima sexta-feira (15), sua defesa ao pedido do PSL que pediu sua expulsão depois de mudar para o PDT. O parlamentar é acusado de se desfiliar do partido, no dia 30 de setembro, sem justificativa.

Conforme as alegações do PSL, Takimoto "tenha alegado a existência de suposto isolamento político que tornou insustentável sua permanência no partido, teve o simples objetivo de tentar manter-se no cargo de Deputado Estadual que já não lhe pertence".

Mas, segundo o parlamentar, o presidente regional do PSL, vereador Alceu Bueno, havia liberado sua saída do partido. "O presidente me disse que eu poderia mudar de partido que não perderia o mandato", afirmou Takimoto.

Baseado no histórico do País, o deputado acredita que o pedido do partido não resultará em sua expulsão. "No Brasil e em Mato Grosso do Sul nunca aconteceu. Não é uma questão de incompatibilidade, mas partidária", ressaltou. 

Takimoto disse que não estava mais satisfeito com as decisões partidárias determinadas pelo presidente. O deputado então aproveitou a abertura para mudar de partido. "O partido pensa de um jeito e eu penso de outro", finalizou.

Veja também