Águas
studio center
(67) 99826-0686

Reunião evita fechamento de juizado que prejudicaria 60 mil campo-grandenses

Parlamentar explicou ao juiz auxiliar que 60 mil pessoas serão prejudicados com o fechamento da 4ª Vara de Juizado Especial

15 JUN 2017
Dany Nascimento
13h30min
Foto: André de Abreu

O vereador Chiquinho Telles (PSD) confirmou ao TopMídiaNews que se reuniu com o juiz auxiliar do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Flávio Peron e destacou a importância da 4ª Vara de Juizado Especial Cível e Criminal das Moreninhas, em Campo Grande, que pode ser extinta.

De acordo com o parlamentar, o juiz afirmou que um estudo está sendo elaborado pela Corregedoria do Tribunal com objetivo de realizar contenção de despesas. Chiquinho destaca que pediu cautela ao juiz, levando em consideração que mais de 60 mil pessoas poderão ser prejudicadas caso ocorra o fechamento.

 "O Pleno do Tribunal retirou de pauta ontem essa questão do juizado. Eu conversei com o doutor Flávio e ele me disse que há um estudo que está sendo feito pela Corregedoria do Tribunal de Justiça, tudo em razão de contenção de despesas. Disse à ele da importância de manter funcionando aquele juizado, é uma conquista que ha anos aquela Comunidade usufrui. Tem pessoas que não tem o passe de ônibus para se deslocar do bairro até o centro pra resolver algumas pendências judiciais. Pedi que isso seja avaliado com carinho", explica o vereador.

Conforme Telles, o TJMS mantém o assunto fora de pauta, até que o estudo seja finalizado pela Corregedoria. "Acredito no bom senso de todos para manter funcionando esse Juizado aqui nas Moreninha. Não é a primeira vez que se cogita fechamento desse Juizado".

O TopMídiaNews entrou em contato com a assessoria de imprensa do TJMS, que afirmou que os estudos estão sendo analisados e o assunto continua fora de pauta.  

politica-interna2
zé ramalho

Veja também