(67) 99826-0686

Campanha promove ato pela vida e palestra sobre prevenção ao suicídio

Voluntários distribuem panfletos e cartazes pela valorização da vida

16 SET 2017
Rodson Willyams
10h41min
Foto: RepórterTop

A Concafras-PSE (Confraternização das Campanhas de Fraternidade Auto de Souza), com apoio do Associação Médico-Espírita de Mato Grosso do Sul (AME-MS) e voluntários do antigo GAV (Grupo de Apoio à Vida), realiza, neste sábado (16), a Campanha Camilo Castelo Branco de prevenção ao suicídio em dois pontos de Campo Grande.

A campanha integra o “Setembro amarelo”, que propõe diversas ações em torno da prevenção ao suicídio. A Campanha Camilo Castelo Branco é promovida nacionalmente por voluntários espíritas com o mesmo objetivo: o de valorização da vida.  Hoje, o grupo fará exposição de faixas e distribuição de mensagens de otimismo e irá se concentrar na Praça Ary Coelho, onde também serão oferecidas palestras de valorização da vida, com voluntários e médicos.

Panfletagem na Avenida Afonso Pena.

O viaduto da Avenida Ceará será o outro ponto de ação da campanha neste ano. Triste cenário de suicídios e tentativas de suicídio na cidade, o local foi escolhido pelos voluntários para fixação de frases positivas e de valorização à vida. “A inspiração foi a ponte Mapo, em Seul, na Coréia do Sul que, após uma ação parecida, teve um índice de suicídios reduzido em 85% e passou a ser conhecida como ‘ponte da vida’.

"O que queremos é lembrar às pessoas que as dificuldades têm solução e que buscar ajuda é essencial”, explicou um dos organizadores da ação, Ermírio Pereira. Após consultas a materiais de fontes oficiais, a profissionais da área médica e na bibliografia espírita, dez frases serão fixadas no viaduto para reforçar a importância da vida e de se acreditar no futuro. 

“As palestras, mensagens e frases também são para destacar a importância de ouvirmos o outro e dar atenção a quem estar perto de nós. A família e os amigos podem ser um ponto de acolhimento. A busca por ajuda médica e a espiritualidade também são muito importantes nesse contexto. A campanha também quer mostrar esse lado”, destacou outro coordenador, o voluntário Luciano Sanches.  

Palestras na Praça Ary Coelho.

Veja também