(67) 99826-0686
AGEREG TARIFA MÍNIMA

Exame de trombofilia para mulheres deve ser oferecido pelo SUS em MS

O Estado poderá realizar campanhas sobre riscos em mulheres que fazem uso de anticoncepcional e que são portadoras do gene

14 JAN 2018
Assessoria
09h06min
Foto: Eternalfeelings/ShutterStock

Mato Grosso do Sul conta, com a Lei 5.106, que assegura a realização do exame que detecta a trombofilia, a toda mulher entre 10 e 49 anos de idade. A nova norma foi sancionada e publicada no Diário Oficial do Estado em 14 de dezembro

O exame será oferecido em todos os estabelecimentos de saúde, públicos ou privados, credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS), mediante guia de solicitação médica.

De acordo com a lei, deverá ser realizada uma detalhada anamnese na primeira consulta, com o médico de saúde da família ou o ginecologista, permitindo ao profissional conhecer o histórico familiar da paciente, principalmente com relação aos parentes de primeiro grau com diagnóstico de trombose ou de gravidez com complicações, e outros fatores hereditários.

Após a entrevista com a paciente, constatada a importância da realização do exame, o médico o solicitará, com as justificativas em anexo à guia. Os estabelecimentos de saúde deverão fixar em local visível a toda população o direito à realização dos exames.

O Estado poderá realizar campanhas sobre os riscos da trombofilia em mulheres que fazem uso de anticoncepcional e que são portadoras do gene, além dos cuidados que a gestante precisa ter para prevenção e tratamento.

Veja também