(67) 99826-0686
Balanço PMCG fev

Mãe de bebê luta para conseguir aparelho para filho respirar que custa R$ 70 mil

Criança mora em Costa Rica e está internado em um hospital da Capital

30 AGO 2016
Alessandra Carvalho
18h21min
Arquivo Familiar

O bebê Bryan Oliveira Borges de apenas sete meses está internado no Hospital Rosa Pedrossian desde o dia 31 de janeiro e precisa de um aparelho que custa R$ 70 mil para respirar e ir morar com ao pais na cidade de Costa Rica, distante 264 quilômetros da Capital.

Camila Silva de Oliveira, de 18 anos, disse que teve uma gestação tranquila e a doença chamada síndrome de ondine pode ter sido ocasionado devido a negligência médica. “ Fiz pré natal e nunca tive a suspeita que ele poderia ter esse problema. Os exames mostraram que era um bebê sem problemas de saúde. O que aconteceu foi que ele demorou para nascer na Fundação Hospital de Costa Rica.  Ele veio ao mundo bem roxinho e tiveram que fazer ventilação para ele respirar”.

Algumas horas após o nascimento a criança foi transferida para a Capital. “ Ele já até recebeu alta médica e não toma mais antibióticos. Só que para ele ir morar em casa preciso do aparelho respiratório que custa R$ 70 mil. Lá em Costa Rica tem um aparelho mas está estragado e custa R$ 10 mil para arrumar”.

A mãe Camila entrou com pedido na Justiça para a Secretária de Saúde fornecer o aparelho Bipap para o Bryan sair do hospital. “A Prefeitura de Costa Rica me disse que não tem verba para arrumar o aparelho que tem lá e teria que esperar a decisão da Justiça já que teria entrado com pedido através de processos”.

Bryan depende do aparelho para sobreviver e terá que fazer consultas médicas para ver a possibilidade de usar um marcapasso no diafragma. “Tenho esperança que ele possa respirar sozinho sem a ajuda dos aparelhos. Somente pelo fato de ter melhorado e ser liberado para morar em casa com a ajuda do Bipap. Estamos torcendo para que ele melhore a cada dia mais”.

Quem quiser ajudar com fraldas ou medicamentos pode ligar no telefone (67) 9 8139-8468. 

Veja também