(67) 99826-0686
Balanço PMCG fev

Na Capital, idosos acolhidos em abrigo realizam testes de combate a infecções sexuais

O teste da AIDS também é oferecida

24 JAN 2019
Da redação / PMCG
12h26min
Foto: Reprodução / PMCG

Levar a testagem rápida de HIV, sífilis, hepatite B e C para todas as faixas etárias é um compromisso para oferecer tratamento imediato após o diagnóstico. O programa de combate as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/AIDS) da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande recebeu o convite da Sociedade de Integração Reabilitação Pessoa Humana (Sirpha) – Lar do Idoso -, e foi até lá nesta quarta-feira (23) para fazer os exames nos idosos abrigados no local.

As doenças sexualmente transmissíveis na terceira idade passaram a ser preocupante. Com a melhoria da qualidade de vida e sexual na velhice, cada vez mais este grupo torna-se vulneráveis a estas doenças. Durante a ação foram realizados 240 testes e atendidos 80 idosos acolhidos na entidade, sendo que cada um fez um teste para cada doença.

Segundo a chefe do Programa IST/AIDS, Denise Leite Lima, a visita é muito importante para demonstrar que os idosos fazem parte do público alvo das campanhas de diagnóstico de doenças. “Atualmente, vemos que muitos idosos estão fazendo algum destes testes pela primeira vez na vida e isso é muito importa para eles saberem a sorologia e o estado de saúde”, explicou ela.

Nos casos positivos para sífilis os idosos serão tratados e acompanhados pelos profissionais da própria instituição, com a prescrição do medicamento e retirada na UBSF São Francisco. No caso reagente para hepatite C, o paciente será encaminhado para o Centro De Doenças Infecto Parasitárias (Cedip) para acompanhamento com o médico infectologista da unidade e posterior tratamento.

Veja também