TJMS
FETEMS
(67) 99826-0686

Na primeira semana, nova administração retoma fumacê em Campo Grande

A Sesau orienta que, no momento em quem o fumacê estiver na rua, moradores abram portas e janelas

6 JAN 2017
Assessoria
08h26min
Foto: Divulgação

Os trabalhos de combate ao mosquito Aedes aegypti – causador da dengue, zika e chikungunya-  não param em Campo Grande. Por determinação da atual gestão, os trabalhos de borrifação a Ultra Baixo Volume – UBV  –  popular fumacê – estão sendo intensificado nos bairros onde há maior número de casos notificados.

Nesta quinta-feira (5), os veículos circularam pelos bairros Vila Nasser, São Conrado, Centenário, Rita Vieira, Centro-Oeste, Caiçara, Carandá Bosque, Popular e Tiradentes. Os trabalhos ocorrem das 16 às 22 horas e uma eventual programação está sujeita a alteração em função da instabilidade climática.

A Sesau orienta que, no momento em quem o fumacê estiver na rua, moradores abram portas e janelas para que o inseticida dispensado no ar possa circular dentro das casas, eliminando o maior número possível de mosquitos.

A aplicação do inseticida é um método recomendado pelo Ministério da Saúde e visa diminuir o número de casos de doenças transmitas pelo Aedes aegypti.

Veja também