novoengenho - policia
Top Midia Paineis publicitarios Ltda
(67) 99826-0686
novoengenho - CNH

VÍDEO: homem desmaia ao lado de posto de saúde, mas apenas ambulância da CCR ajuda

Segundo a denúncia, funcionários do posto se recusaram a fazer a remoção da vítima

13 MAR 2018
Diana Christie
15h10min
Foto: Reprodução/YouTube

Cenas de descaso ao lado do posto de saúde do bairro Tiradentes geraram indignação nas pessoas que passavam pelo local na noite de ontem (12). Conforme imagens enviadas por um leitor do TopMídiaNews, um homem passou mal e desmaiou na calçada nas proximidades do CRS (Centro Regional de Saúde) e não conseguiu atendimento mesmo assim.

Um homem que ajudava no socorro relatou que a vítima saiu do posto de saúde e perguntou como chegar ao bairro Campo Nobre. Logo depois, ela teria caminhado cambaleante por alguns metros e caído ao solo. O rapaz diz que acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas ninguém apareceu.

A mulher que grava o vídeo alega que os funcionários do posto de saúde foram avisados, mas se recusaram a fazer a retirada do paciente da calçada. Uma ambulância da concessionária CCCR MSVias, que atua nas rodovias de Mato Grosso do Sul, estaciona e os socorristas fazem a remoção da vítima.

Assista:

Outro lado

Procurada pela reportagem, a assessoria da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que "todos os protocolos de atendimento foram seguidos pelos profissionais de plantão no CRS Tiradentes, não caracterizando omissão de socorro".

Segundo a Sesau, o paciente foi levado para a unidade no final da tarde de ontem. "Ele apresentava um corte na fronte e foi prontamente atendido pela equipe de plantão. Segundo relatado, o paciente estava alcoolizado, agressivo e não colaborava para a realização do procedimento de sutura do ferimento. Após estabilização para o procedimento, o mesmo evadiu-se da sala de sutura, vindo a cair do lado de fora da unidade".

"Técnicas de enfermagem foram até o local para encaminhá-lo novamente para a unidade para a finalização do procedimento, entretanto, foram hostilizadas por populares. Com receio de agressão, as profissionais retornaram para unidade e solicitaram apoio para a remoção, momento em que o paciente foi levado por outras pessoas até o interior do CRS Tiradentes", diz a assessoria.

"O paciente continuava agressivo e não colaborava para a realização de procedimento de sutura. Após muita insistência por parte dos profissionais de plantão na unidade, o mesmo colaborou e teve o ferimento suturado. Foi realizado Raio X para verificar se houve fratura craniana devido a gravidade do ferimento, sendo que esta hipótese foi descartada com o exame. Após observação e atendimento durante a madrugada, o paciente recebeu alta médica na manhã desta terça-feira", finaliza.

Veja também