TJMS
re9
(67) 99826-0686

CBF acata decisão do STJD e Flamengo fica a sete pontos do Palmeiras

Se a previsão se concretizar, o Flamengo conviverá com a indefinição em relação ao resultado por mais duas rodadas

19 OUT 2016
Uol
15h06min
Foto: Uol

A CBF aceitou ontem (18) a suspensão da partida entre Flamengo e Fluminense pelo Campeonato Brasileiro, acatando pedido do STJD, e alterou a tabela da competição, tirando três pontos do clube rubro-negro referentes à vitória por 2 a 1 na última semana - até que o processo seja julgado pelo pleno do tribunal. Desta forma, ele aparece com 57 pontos na classificação, o que deixa o Palmeiras com sete de vantagem na liderança.

O Fluminense entrou na justiça solicitando a anulação do resultado, com a acusação de que houve interferência externa na anulação de um gol de Henrique. O auxiliar Emerson de Carvalho assinalou impedimento inicialmente, mas o árbitro Sandro Meira Ricci confirmou o gol. No entanto, após uma confusão que durou quase 12 minutos, Ricci voltou atrás anulou a jogada, atitude que poderia ter sido influenciada pelo inspetor de arbitragem Sergio Santos. Uma leitura labial reproduzida pela TV Globo indica que ele disse "a TV sabe" ao juiz.

A expectativa do STJD é de que o julgamento, em uma sessão do pleno, ocorra até o dia 4 de novembro, com a possibilidade de ser transferida para Belo Horizonte na tentativa de dar celeridade ao processo. A decisão será definitiva e não caberá recurso.

Se a previsão se concretizar, o Flamengo conviverá com a indefinição em relação ao resultado por mais duas rodadas. Só então saberá a real diferença para o líder Palmeiras. Já o Fluminense disputa uma vaga no G6 e, se tiver ganho de causa, pode ter uma segunda chance na partida em que acabou derrotado pelo Flamengo. 

Na sessão, Sandro Meira Ricci deve negar o contato com o inspetor, conforme apurou o blog do Rodrigo Mattos. O árbitro repetirá a versão da história apresentada por ele à comissão de arbitragem da CBF.

O trio que cuidou do clássico carioca garantiu à comissão que não houve interferência externa. Emerson e Ricci não chegaram a uma conclusão sobre o que decidir no momento, mas após um lembrete de Marcelo Van Gasse, auxiliar que estava do outro lado do campo, lembraram a instrução da CBF que, em caso de dúvidas, deveria ser levada em conta a primeira impressão - que foi de impedimento.

A comissão de arbitragem da CBF condenou a demora para que o trio tomasse uma decisão no Fla-Flu e pediu o afastamento do árbitro Sandro Meira Ricci, pré-selecionado para a Copa do Mundo de 2018, do restante do Campeonato Brasileiro. 

Veja também