TJMS
re9
(67) 99826-0686

Com 71 pontos do trio LeBron, Irving e Love, Cavs massacram lanterna Dallas

Jogando em casa, Cleveland faz 128 a 90 na equipe de pior campanha da temporada e seguem na ponta da classificação da Conferência Leste. Chicago vence Philadelphia

26 NOV 2016
Globo Esporte
07h33min
Foto: Getty Images

No encontro entre o líder da Conferência Leste e o time de pior campanha da temporada, a lógica prevaleceu. Jogando em casa, na Quicken Loans Arena, o Cleveland Cavaliers arrasou o Dallas Mavericks pelo placar de 128 a 90 (72 a 38). Em noite inspirada, o trio formado por LeBron James, Kevin Love e Kyrie Irving foi responsável por 71 dos pontos dos Cavs. Love foi o cestinha da partida com 27 pontos, dois a mais que Irving. Além dos 19 pontos anotados, LeBron James deu 11 assistências e pegou cinco rebotes. Pelo lado do Dallas, destaque para Dirk Nowitzki, que pontuou 15 vezes.

Empurrado por sua torcida, o Cleveland tratou de se impor desde o início da partida. Com cinco minutos jogados, o time da casa já vencia por dez pontos de diferença, graças a uma cesta de Irving. Inspirado, o mesmo Irving acertou chute para três pontos minutos depois, fazendo 24 a 10. O Dallas tentou responder com uma cesta de longa distância de Matthews, mas os Cavs voltaram a se impor nos minutos finais, vencendo o quarto por 36 a 26.

O passeio do Cleveland prosseguiu no segundo período. Logo no primeiro lance, Shumpert acertou chute de três. Pouco depois foi a vez de LeBron James pontuar no garrafão, minutos antes de ser substituído por Kevin Love. O substituto do astro não fez feio. A cinco minutos do término, ele acertou mais uma bola de três pontos na partida, fazendo 57 a 28. Pouco depois, Lebron voltou à quadra e logo cravou mais dois pontos. O lance motivou ainda mais os Cavs, que seguiram com uma média impressionante de pontos, indo para o intervalo vencendo por 72 a 38.

Enganou-se quem achou que os atuais campeões da NBA tirariam o pé do acelerador no terceiro quarto. O massacre prosseguiu pelos 12 minutos seguintes, começando com uma cesta de Irving. Os Mavericks responderam com um chute certeiro de três de Nowitzki. Barnes e Seth Curry pontuaram na sequência, assustando os donos da casa, que voltaram a dominar após cesta de três de Love. A partir de então, os Cavs voltaram a dar um show em quadra e o placar foi para 96 a 55 ao final do período.

Com a vitória virtualmente sacramentada, o Cleveland jogou o último quarto em ritmo de treino, dando-se ao luxo de poupar seus principais jogadores. Dunleavy e McRae acertaram chutes de três no início do período. Smith respondeu na mesma moeda para o Dallas. Mesmo com muitos reservas, os Cavs continuaram empolgando a sua torcida, como a seis minutos do fim, quando Andersen invadiu o garrafão e fez 112 a 69. Do banco de reservas,LeBron James, Kevin Love e Kyrie Irving assistiram de camarote ao final da partida. Os novatos não decepcionaram, e o Cleveland saiu de quadra com uma vitória de 128 a 90.

CHICAGO VENCE PHILADELPHIA

O Chicago Bulls foi a Philadelphia e não tomou conhecimento dos donos da casa. Com 26 pontos de Jimmy Butler e outros 26 de Dwyane Wade, os Bulls venceram por 105 a 89, chegando a dez vitórias na temporada. Com apenas quatro triunfos em 16 jogos, o Philadelphia 76ers ocupa a lanterna da Conferência Leste. O brasileiro Cristiano Felício, do Chicago, atuou por sete minutos e não pontuou.

WIZARDS SUPERAM MAGIC FORA DE CASA

Outro visitante a vencer na rodada foi o Washington Wizards, que derrotou o Orlando Magic por 94 a 91 em Orlando. Com 26 pontos, John Wall foi o cestinha da partida, seguido por Otto Porter Jr e Serge Ibaka, ambos com 19 pontos. Foi a quinta vitória do time da capital na temporada, enquanto o Magic conheceu a sua décima derrota na NBA 2016/17. Os dois times estão fora da zona de classificação aos playoffs.

CARMELO ANTHONY BRILHA

Em jogo muito equilibrado e disputado em Nova York, o New York Knicks contou com uma grande atuação de Carmelo Anthony para superar o Charlotte Hornets por 113 a 111. Com 35 pontos e 14 rebotes, Melo liderou as duas estatísticas. O segundo maior pontuador foi Marco Belinelli, com 19. Os Knicks somam agora oito vitórias e sete derrotas na temporada, campanha idêntica à do Charlotte.

VICE-LÍDER TROPEÇA

Vice-líder da Conferência Oeste, o Los Angeles Clipppers não resistiu ao Detroit Pistons, que lhe impôs um placar de 108 a 97. Apesar da derrota, os Clippers tiveram os dois cestinhas da partida, Blake Griffin e JJ Redick, ambos com 24 pontos. Pelo lado dos Pistons, Marcus Morris foi o maior pontuador, com 17 pontos. Autor de 16 pontos e dez rebotes, Kentavious Caldwell-Pope foi outro destaque da partida.

 

Veja também