re9
lalu kids
(67) 99826-0686

Corinthians sonda, mas enxerga meia do Coritiba mais próximo do Palmeiras

Gerente de futebol do Timão, Alessandro se reuniu com o empresário de Raphael Veiga, porém, arquirrival ofereceu um valor maior. Timão busca reforçar meio-campo

19 OUT 2016
Dany Nascimento
11h05min
Foto: Giuliano Gomes/PR Press

Perto de acertar o retorno de Jô, o Corinthians está no mercado também em busca de um atleta para o setor de criação. O meio-campista Raphael Veiga, do Coritiba, de 21 anos, foi um dos primeiros alvos da diretoria de futebol, mas a negociação não evoluiu. Isso porque o Timão recebeu a sinalização que o atleta tem proposta bem mais vantajosa do Palmeiras.

Há alguns dias, o gerente de futebol Alessandro Nunes esteve com o empresário Luiz Alberto de Oliveira, que trabalha com o jogador, para falar do interesse do Timão. O valor da multa é de 1,8 milhão de dólares por 60% dos direitos econômicos (R$ 5,7 milhões). De acordo com Oliveira, o Palmeiras aceitou pagar a multa, praticamente definindo a transferência.

Líder do Campeonato Brasileiro, o Verdão já está se movendo nos bastidores para planejar o elenco de 2017. Praticamente assegurado na Taça Libertadores da América, o time quer começar o próximo ano encaminhado em relação ao plantel. O atacante Keno, do Santa Cruz, tem tudo certo para reforçar o clube.

Segundo a jornalista Nadja Mauad, Grêmio, Internacional e Flamengo também sondaram Raphael Veiga, que tem proposta do Coxa para renovar por mais três anos. Dono dos 60% dos direitos, os paranaenses querem adquirir mais 10%. O Audax, onde o garoto jogou antes de chegar ao Couto Pereira, é dono de 40% atualmente.

O jovem se tornou um dos principais jogadores na criação do Coritiba. Peça fundamental no esquema tático de Paulo César Carpegiani, ao lado de Juan, o atleta da base ganhou espaço em julho e não saiu mais do time.

Curiosamente, a história de Veiga no futebol começou em São Paulo, onde nasceu. Com o sonho de ser goleiro, foi reprovado em um teste no Corinthians e tentou treinar no Tricolor do Morumbi, mas as dificuldades financeiras emperraram a sequência. Ele passou em um teste do Audax, onde ficou quatro anos e despertou a atenção do Coritiba, em 2013.

 

Veja também