zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

Grêmio se mantém distante do Timão, mas abre vantagem

Tricolor tem 10 pontos de vantagem para o Flamengo, quinto colocado e primeiro fora da zona de classificação direta para a Libertadores no próximo ano

7 AGO 2017
Globo
09h52min
Foto: Lucas Uebel/Grêm

Mesmo com jogadores preservados, o Grêmio segue muito vivo no Brasileirão. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, no último domingo, na Arena, o time gaúcho se manteve a oito pontos do líder Corinthians, em uma perseguição ingrata dado o rendimento quase perfeito do time de Fábio Carille. Mas, por outro lado, abriu 10 pontos de diferença sobre o Flamengo, atual quinto colocado. Uma gordura considerada fundamental se tudo der errado nas disputas de mata-mata.

A partir desta semana, o Grêmio se volta novamente para as fases decisivas da Copa do Brasil e da Libertadores, pela qual jogará na quarta-feira, contra o Godoy Cruz, em casa, para decidir a vaga nas quartas de final. Se for campeão em qualquer uma delas, garante vaga na competição continental em 2018. Mas o Tricolor conhece muito bem os perigos dos duelos eliminatórios. Por isso, mantém viva a caça ao Timão, até como forma de se consolidar no G-4, garantindo vaga na Libertadores também via Brasileirão, sem necessidade de passar pela primeira fase.

Com 39 pontos, os gaúchos estão 10 à frente do primeiro concorrente fora desse grupo. O Flamengo, quinto, está com 29 pontos. O terceiro colocado é o Santos, quatro pontos – ou duas rodadas – abaixo do Grêmio. Tudo isso dá tranquilidade para o elenco agora focar quase exclusivamente nas competições de mata-mata nas próximas semanas. Depois da Libertadores, o time gaúcho fará a semifinal da Copa do Brasil com o Cruzeiro, nos dias 16 e 23.

– A gente tem que continuar fazendo nossa parte para continuarmos vivos. É ganharmos os jogos. Temos feito isso. Não adianta ficar torcendo pelo tropeço (do Corinthians) e não fazer a nossa parte. Vamos ver no que vai dar. É lógico que isso é importante, abrir vantagem dos times atrás de você. Flamengo, Palmeiras, Santos. Temos que fazer nossa parte. Objetivo é continuar brigando pelo Brasileiro, também. Independente do que acontece lá em cima – apontou Renato.

O Grêmio ainda não jogou a tolha no Brasileiro, longe disso. Mas é fato – e já falado publicamente por Renato e pela direção – que as competições de mata-mata são prioridade porque, justamente, são eliminatórias. Ou ganha ou não joga mais. E o Timão mantém uma campanha fora da curva nos últimos anos, sem dar indícios de que vá tropeçar. Tanto que, com o aproveitamento atual, o Grêmio seria líder em outras edições recentes do Brasileirão.

– São três empates. O Grêmio ganha três partidas, e o Corinthians empata três, emparelha tudo, porque há o confronto direto. Se o Grêmio repetir o primeiro turno, vai a 78 pontos. Se o Corinthians repetir, vai para 94. Então olha só o tamanho das diferenças. Tem muita água para rolar, muitos jogos de clássico. Tenho muita curiosidade de ver o enfrentamento no Itaquerão, no jogo de volta – opinou o presidente Romildo Bolzan Júnior.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta segunda-feira, no CT Luiz Carvalho. Na quarta, enfrenta o Godoy Cruz pelas oitavas da Libertadores, com o retorno dos titulares. Barrios e Edílson devem voltar aos treinos na atividade marcada para as 15h30. Como venceu por 1 a 0 na Argentina, a equipe de Renato joga por um empate para avançar de fase.

 

Veja também