conadhe
tjms
(67) 99826-0686

Hamilton voa e vence com tranquilidade no Canadá; Vettel se recupera e termina em quarto

O Grande Prêmio do Canadá foi decepcionante para o brasileiro Felipe Massa (Williams)

11 JUN 2017
Terra
15h53min
Foto: Reprodução
top-esporte-interna1
99

O inglês Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o Grande Prêmio do Canadá, realizado na tarde deste domingo. Com o resultado, o piloto britânico reduz a vantagem do alemão Sebastian Vettel (Ferrari), quarto em Montreal, na liderança do Mundial de Fórmula 1.

Com sete das 20 etapas do campeonato completadas, Vettel segue no primeiro lugar da tabela de classificação com 141 pontos. Hamilton, por sua vez, chega aos 129 pontos. O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), com 93 pontos, completa o grupo dos três melhores do Mundial.

O Grande Prêmio do Canadá foi decepcionante para o brasileiro Felipe Massa (Williams), obrigado a abandonar a corrida logo na primeira volta. A próxima etapa do campeonato, marcada para o próximo dia 25 de junho, será realizada em um circuito de rua em Baku, capital do Azerbaijão.

A Corrida

Posicionado na primeira posição do grid, Lewis Hamilton conseguiu defender a ponta com sucesso na largada. Já Sebastian Vettel, após um toque com o holandês Max Verstappen (Red Bull), caiu para a quarta colocação da prova logo no começo.

Felipe Massa partiu do sétimo lugar do grid de largada e pilotava normalmente no momento em que teve sua corrida arruinada pelo espanhol Carlos Sainz (Toro Rosso). O europeu perdeu o controle de seu carro e atingiu a Williams do brasileiro, encerrando a corrida de ambos.

O toque com Verstappen na largada danificou a asa dianteira da Ferrari de Vettel, que acabou obrigado a fazer uma parada inesperada e voltou à prova no último lugar. Na tentativa de manter a liderança isolada do Mundial, o alemão, equipado com pneus supermacios, iniciou uma corrida de recuperação.

Hamilton liderava sem correr riscos e visitou os boxes na 32ª volta para colocar pneus supermacios. Já Vettel, em sua escalada por posições, ainda foi atrapalhado por problemas no assoalho de sua Ferrari. No 50º giro, então na sétima colocação, o competidor da Alemanha esteve nos boxes novamente e voltou com pneus ultramacios.

De forma arrojada, Vettel conseguiu subir até a quarta colocação e minimizou os danos que poderia sofrer no Mundial após uma corrida marcada por imprevistos. Lewis Hamilton recebeu a bandeira em primeiro, com Valtteri Bottas e o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) completando o pódio.

top-esporte-interna2
nando viana

Veja também