TJMS CIJUS
vivi
(67) 99826-0686

Holm vai apelar de decisão que deu título a Germaine no UFC 208

Ex-campeã peso-galo também fez reclamação formal contra árbitro do combate; Aos 28 anos, James 'Moonwalker' Moontasri anuncia sua aposentadoria do MMA

16 FEV 2017
Globo Esporte
12h22min
Foto: Evelyn Rodrigues

Derrotada por Germaine de Randamie na luta principal do UFC 208, Holly Holm decidiu apelar da decisão dos juízes laterais, que garantiram o posto de campeã peso-pena do Ultimate para a sua adversária.

Holm também fez uma reclamação formal contra o juiz Todd Anderson, que não penalizou Germaine por ter acertado golpes depois do final do round.

Advogado de Holm, Paul Bardacke declarou ao site "MMA Fighting" que a ex-campeã dos galos está focada em conseguir a revanche contra De Randamie. O revés para a holandesa marcou a terceira derrota seguida de Holm no UFC. Até tomar o cinturão de Ronda Rousey, no UFC 193, a "Filha do Pastor" estava invicta na carreira há 10 lutas.

MOONTASRI ANUNCIA APOSENTADORIA

Aos 28 anos, o alemão James “Moonwalker” Moontasri anunciou nesta semana sua aposentadoria do MMA. Em suas redes sociais, o meio-médio do UFC comunicou que não estará mais no octógono. No texto, ele agradeceu sua equipe e se disse orgulho do que fez no esporte. Moontasri, que chegou ao Ultimate em 2014, deve seguir agora como treinador. Ele deixa o MMA com um cartel de nove vitórias e cinco derrotas.

- Obrigado ao UFC e a todas as pessoas que me apoiaram. Recebi tantas oportunidades e estou muito orgulhoso de tudo o que consegui. Estou orgulhoso de mim mesmo e agora estou animado para um novo capítulo na minha vida. As Artes Marciais são a minha vida e isso nunca vai mudar. Obrigado a meu Big J, minha administração, minha equipe, meus treinadores e meus incríveis fãs. Amo muito todos vocês.

James Moontasri estreou no UFC com derrota para Joe Ellenberger, no peso-leve. Depois, venceu a primeira na organização, ao finalizar Cody Pfister. Em seguida, acabou finalizado por Kevin Lee. Ao subir para os meio-médios, Moonwalker estreou com um nocaute diante de Anton Zafir no UFC 193, mas somou derrotas para o brasileiro Alex Cowboy e, por fim, Alex Morono.

ULTIMATE CONTRATA DAVID BRANCH

A divisão dos médios do UFC tem um novo integrante. O Ultimate acertou com David Branch, ex-campeão do WSOF, na verdade volta à companhia, onde já esteve entre 2010 e 2011. Na primeira passagem, o lutador de 35 anos fez quatro lutas, com duas vitórias e duas derrotas. David Branch tem um cartel de 20 vitórias e três derrotas, e sua reestreia no UFC deve acontecer em maio. A informação do acerto foi do “MMA Fighting”.

Ao sair do UFC, Branch fez 13 lutas, e perdeu apenas uma vez, no Titan, mas foi no World Series of Fighting que fez história, e onde conquistou os títulos dos médios e dos meio-médios após sua chegada em 2012. Após defender o cinturão contra Louis Taylor no peso-médio em dezembro do ano passado, o lutador deixou o WSOF alegando problemas com o evento.

 

 

Veja também